Daniel Guerra se reúne com comandantes de órgãos de segurança

Em pauta, a implantação do novo Batalhão de Polícia de Choque em Caxias do Sul

Publicado em 19/08/2019 - 00:00

Caxias do Sul (RS) – O prefeito Daniel Guerra (Republicanos) se reuniu, na tarde de sexta-feira (16), com o comandante do Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) Serra, Tenente Coronel Glauco Alexandre Braga, que estava acompanhado do Major Martinelli e do Capitão Turra. Em pauta, a implantação do novo Batalhão de Polícia de Choque em Caxias do Sul.

A demanda para a criação de um Batalhão deste tipo em Caxias do Sul foi apresentada pelo prefeito Daniel Guerra em uma reunião, em janeiro deste ano, com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Na época, o governador afirmou que avaliaria essa possibilidade que, agora, foi efetivada para a região. São 110 militares destinados para o Batalhão de Choque que será instalado em Caxias do Sul, a partir desta segunda-feira (19). O comandante desta nova tropa será o Major Martinelli.

A reunião teve o objetivo de alinhar os detalhes dessa implantação e também de outros encaminhamentos da ordem de segurança pública com os comandantes presentes. “O Batalhão de Choque é um sonho para Caxias do Sul que está se concretizando. São homens altamente qualificados que se somam para o trabalho de manutenção da segurança. A administração municipal quer muito essa nova equipe atuando na cidade e saibam que estamos de portas abertas quando o assunto é segurança pública”, afirmou Daniel Guerra.

“Agradecemos pelo carinho e pela disponibilidade. Estou voltando a Caxias do Sul, por isso estamos restabelecendo nossas parcerias em um somatório de esforços para que a gente consiga atingir nossos objetivos”, complementou o Ten. Cel. Glauco.

Na reunião, também estavam presentes o chefe de Gabinete, Chico Guerra; a Procuradora-Geral do Município, Cássia Kuhn; e os secretários municipais da Segurança Pública e Proteção Social, Ederson de Albuquerque Cunha; da Saúde, Júlio César Freitas; e do Urbanismo, Mirangela Rossi.

Texto: Ascom – Prefeitura de Caxias do Sul
Foto: Mateus Argenta

Reportar Erro