Ireuda Silva repudia racismo na UFRB e pede punição exemplar

Câmara de Salvador aprova 49 projetos da vereadora Ireuda Silva

Um dos projetos aprovados cria a Frente Parlamentar em Defesa da Saúde

Publicado em 24/06/2019 - 00:00

Salvador (BA) – A Câmara Municipal de Salvador aprovou na quarta-feira (19), 49 projetos da vereadora Ireuda Silva (PRB), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e vice-presidente da Comissão de Reparação. Uma das matérias cria a Frente Parlamentar em Defesa da Saúde.

“Se faz necessária a Frente para que possa contribuir com a defesa da saúde municipal, através da criação de novas políticas públicas, bem como o aperfeiçoamento das já existentes, além de exercer a fiscalização do serviço de saúde de nosso município, sendo que todas as atividades serão desenvolvidas respeitando a competência da cidade”, justificou a vereadora no projeto.

A republicana explicou também que “a Frente Parlamentar será um espaço de interlocução entre os vereadores e a sociedade civil, dentre outras pessoas interessadas em contribuir com o desenvolvimento da saúde, com o objetivo de efetivar o direito à saúde do cidadão”.

Outros projetos incluem uma indicação ao prefeito ACM Neto (DEM) para a criação de maternidades em Cajazeiras e no Subúrbio para suprir a falta de leitos na capital baiana. “Precisamos garantir condições adequadas para que as parturientes possam dar luz a seus filhos na região em que moram”, ressaltou a republicana. “A carência de leitos nas maternidades públicas de Salvador ocasiona uma precariedade no atendimento às gestantes, o que torna o parto dessas mulheres uma verdadeira saga em busca de uma vaga em hospitais públicos”, completou Ireuda.

A vereadora do PRB também indica a implementação de 5% dos acervos das bibliotecas públicas municipais em formatos acessíveis para pessoas com deficiência visual.

Texto e foto: Ascom – vereadora Ireuda Silva

Reportar Erro