Audiência debate revisão no Plano Diretor de Formosa do Rio Preto

Audiência debate revisão no Plano Diretor de Formosa do Rio Preto

O prefeito Dr. Termosires Neto lembrou que ordenar o crescimento do município é um passo importante e deve ser construído com a participação da comunidade

Publicado em 10/12/2019 - 00:00

Formosa do Rio Preto (BA) – A Prefeitura de Formosa do Rio Preto realizou, na sexta-feira (6), audiência pública de apresentação, discussão e pactuação de propostas para a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) do município. Foram relatadas e debatidas pela população e autoridades presentes mais de 200 sugestões de melhorias, as quais foram coletadas nas escutas públicas feitas em todo o município, nos bairros da sede e localidades da zona rural.

O prefeito de Formosa e também presidente do Consid, Dr. Termosires Neto, lembrou que “ordenar o crescimento e planejar o desenvolvimento do município para os próximos 10 anos é um passo importante que precisa ser construído com a participação da comunidade para que tenhamos respostas e soluções para os anseios, problemas e necessidades do povo. Formosa cada vez melhor para se viver é uma construção coletiva”, ressaltou.

Essa foi mais uma etapa do processo de atualização do PDDU, por meio do Plano Diretor Participativo (PDP), ação realizada pela Prefeitura em parceria com o Consórcio Intermunicipal do Oeste da Bahia (Consid) e a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob).

De acordo com o coordenador do Programa dos PDPs na região, o professor da Ufob, Prudente Neto, está de parabéns o povo de Formosa, o seu prefeito e toda a sua equipe por estarem realizando a revisão do Plano Diretor. Após a Audiência Pública de Propostas, o próximo passo será a formulação legislação pertinente e a previsão é que no mês de maio ocorra a Conferência Municipal do PDDU.

Também estiveram presentes no evento: a coordenadora do Núcleo Gestor Local (NGL) do PDDU, Rossana Consuelo de Oliveira; o presidente da Câmara de Vereadores, José de Zuza, a equipe do NGL, e a população em geral.

Rossana agradeceu a presença de todos, pois a população lotou a casa para apresentar as demandas e participou ativamente de toda a audiência. “Agora, as propostas serão estudadas, analisadas e a atualização da lei será formulada com os devidos embasamentos jurídicos”, finalizou.

Texto e fotos: Ascom – Prefeitura de Formosa do Rio Preto
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro