Araxá (MG): Hospital Casa do Caminho suspende serviços por questões financeiras

Em discurso na tribuna da Câmara de Araxá, vereador Robson Magela (PRB) cobrou ajuda da Prefeitura de Araxá para o hospital retomar os serviços suspensos

Publicado em 27/03/2019 - 00:00

Araxá (MG) – Ao usar a tribuna na Reunião Ordinária da câmara municipal na terça-feira (26), o vereador Robson Magela (PRB) informou a suspensão parcial dos serviços do Hospital Casa do Caminho. O parlamentar relatou que desde segunda-feira (25), a unidade suspendeu as admissões de pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e nas clínicas médica e cirúrgica do hospital por questões financeiras.

O republicano informou ainda que as cirurgias eletivas que estavam agendadas para serem realizadas no hospital também serão suspensas, conforme consta no comunicado enviado aos médicos, que é assinado por José Tadeu Silva, fundador da instituição de saúde.

Na oportunidade, o vereador cobrou ajuda da Prefeitura de Araxá para o hospital retomar os serviços suspensos. “Assim como ajudou a Santa Casa, a prefeitura tem o dever de auxiliar a Casa do Caminho que presta um importante serviço de saúde pública para a nossa comunidade. Se a administração municipal pode gastar milhões para construir um viaduto, então tem a obrigação de destinar recursos para evitar que a cidade fique sem os serviços prestados por esse hospital”, disse Robson Magela.

O parlamentar salientou que Araxá não pode ficar sem as vagas de UTI disponibilizadas pela Casa do Caminho, pois as mesmas são de extrema importância para a população, assim como as internações e cirurgias feitas no hospital.

Texto e foto: Ascom – vereador Robson Magela
Edição: Agência PRB Nacional

Reportar Erro
Send this to a friend