Republicanas participam de evento contra a violência à mulher no RJ

Republicanas Patty Armstrong e dra. Juliana Emerique participaram de uma roda de conversa do Programa Empoderadas

Publicado em 25/11/2019 - 00:00

Rio de janeiro (RJ) – Na terça-feira(19), as republicanas Patty Armstrong, secretária municipal do Mulheres Republicanas do Rio de Janeiro, e a delegada de Polícia Civil, dra. Juliana Emerique, participaram de uma roda de conversa do Programa Empoderadas, na zona sul do estado. O projeto que faz parte da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer tem a frente dos trabalhos a lutadora de MMA, Erica Paes, que tem como objetivo atuar contra o fim da violência à mulher.

Para Armstrong, o evento foi de suma importância para o crescimento e amadurecimento de novos espaços para o empoderamento feminino. “Fiquei extremamente lisonjeada com o convite para participação no evento e assim poder representar a nossa militância do Mulheres Republicanas. Neste encontro, nos sentimos fortalecidas para cada vez mais, exercermos no papel e amadurecemos nossa imagem como mulheres que estão engajadas neste propósito da luta contra a violência”, disse a republicana.

Entre os diversos assuntos abordados, estavam a questão do feminicídio e a necessidade de apoio a grandes projetos como a Virada Feminina, que estará no Rio de Janeiro em 2020, e tem como embaixadora Michele Obama, e o projeto Patrulha Maria da Penha.

O programa foi idealizado por Erica Paes e foi desenvolvido em abril deste ano. Com o apoio do Governo do Rio de Janeiro, a iniciativa tem o objetivo de diminuir o número de violência à mulher e com isso proporcionar às participantes aulas de defesa pessoal, técnicas esportivas de defesa e as principais situações de risco de violência. “A gente ensina as mulheres a como se prevenir de um estupro, um abuso, uma importunação e até mesmo um feminicídio. O Programa Empoderadas vem pra isso, para agregar ainda mais valor a todos esses trabalhos”, declarou a lutadora de MMA.

Como diretora da Coordenadoria Geral das Delegacias de Atendimento à Mulher (Deam) no Rio de Janeiro, dra. Juliana Emerique falou sobre sua atuação contra a violência doméstica e feminicídio. “Foi fantástico estar aqui neste evento e ver o balanço de trabalho do Programa Empoderadas, com parceiras que trabalham pela mesma causa que eu. Só a união faz a força, para que haja o devido enfrentamento à violência contra a mulher”, finalizou.

Texto: Carolina Ribeiro / Ascom – Mulheres Republicanas
Foto: Mulheres Republicanas do Rio de Janeiro

Reportar Erro