“Quero um lugar igual para todos”, declara a pré-candidata Cristina Linard

Filiada ao Republicanos desde 2018, Cristina é pedagoga, professora e empresária na área educacional

Publicado em 30/07/2020 - 08:40

Santana (CE) – O Mulheres Republicanas começa sua entrevista com uma frase de forte impacto da pré-candidata da semana, Maria Cristina Silva Linard, a “Cristina Linard”, (52). “Lugar de mulher é na vida que ela escolheu”. Sim, essa é a declaração da republicana que buscará nas eleições de 2020 vencer ao cargo de vereadora pela cidade de Santana, no Ceará.

Casada e com 2 filhas adolescentes, Cristina é pedagoga, professora e atualmente é empresária na área educacional. Filiada ao Republicanos desde 2018, ela conversou com o nosso movimento, falando sobre sua trajetória e propostas de trabalho.

Mulheres Republicanas – Quando entrou na política?

Cristina Linard – Entrei na política em 1992, quando assumi o cargo de Secretária de Educação. Sempre estive envolvida na política, principalmente na área da educação, buscando sempre o melhor para o meu município.

Mulheres Republicanas – Já disputou alguma eleição?

Cristina Linard – Nunca disputei uma eleição, mas sempre apoiei e ajudei nas eleições de prefeitos e vereadores, na minha cidade. Tenho um trabalho social com crianças, jovens, adolescentes e mulheres, onde fomentamos o empreendedorismo feminino e propomos cursos, capacitações e oficinas.

Com as crianças e suas famílias, realizamos ações de educação, alfabetização, educação musical, ambiental e cultura para crianças e adolescentes em estado de vulnerabilidade social.

Mulheres Republicanas – Porque escolheu o Republicanos?

Cristina Linard – Me identifiquei com o Republicanos por ser um partido organizado, com propostas reais de desenvolvimento para o nosso país. O nosso presidente o deputado federal Marcos Pereira nos valoriza, e nos dá além de voz, capacitação, respeito e equidade.

A ideia de defender uma candidatura surgiu da necessidade de contribuir com o desenvolvimento da minha cidade, que vive sem perspectiva de crescimento.

Mulheres Republicanas – O que espera das eleições de novembro e do papel da mulher?

Cristina Linard – Espero que com essas eleições, a mulher possa participar efetivamente do processo, com grande contribuição política e social, mostrando seu verdadeiro potencial.

Em uma sociedade igual para todos, somaremos mais força para a reivindicação de direitos.

Mulheres Republicanas – O que você deseja de mudança para sua cidade?

Cristina Linard – Nossa principal mazela é o desemprego. É preciso investir no turismo científico e religioso para projetar Santana, e assim gerar emprego, renda e desenvolvimento econômico. Com o emprego em dia, já é meio caminho andado para os outros setores.

A economia é um outro ponto muito importante. Com a pandemia, a economia caiu bastante e precisamos ter iniciativas para fomentar esses recursos na nossa cidade. Nosso município é banhado por muitas riquezas minerais, fósseis de milhões de anos atrás, como o calcário laminado. Temos o museu de paleontologia que é visitado pelo mundo inteiro, mas que não gera desenvolvimento econômico. Acredito que o executivo e legislativo andando juntos, nosso município será valorizado e desenvolvido.

Texto: Gisele Rocha/ Ascom – Mulheres Republicanas
Foto: reprodução

Reportar Erro