Projeto de Ireuda Silva pode ser incorporado à Guarda Municipal de Salvador

Projeto de Ireuda Silva pode ser incorporado à Guarda Municipal de Salvador

O projeto “Guardiã Maria da Penha” continua em tramitação

Publicado em 21/06/2020 - 16:00

Salvador (BA) – Denominada “Guardiã Maria da Penha”, a proposta feita pela vereadora Ireuda Silva (Republicanos – BA), ergueu-se com o objetivo de combater a violência contra a mulher por meio de ações preventivas e comunitárias.

“Pretendemos inserir o projeto no âmbito da Guarda Civil Municipal, para que as mulheres possam se sentir um pouco mais seguras, principalmente neste momento de distanciamento social. Esse tipo de trabalho, juntamente com a conscientização da população, é de extrema importância para que possamos mudar as estatísticas da violência”, comentou Ireuda, que também é presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara Municipal de Salvador.

Segundo dados das Delegacias de Atendimento à mulher, só em janeiro deste ano, foram registrados cerca de 980 casos de violência doméstica.

Constatado o aumento na capital e o aumento casos em vários estados do Brasil, devido a pandemia do Covid-19, a republicana viu a ocasião como mais um incentivo para levar a proposta adiante, que foi repassada ao prefeito ACM Neto.

Texto: Elisa Costa/Ascom – Mulheres Republicanas Nacional
Foto destaque: Ascom – vereadora Ireuda Silva

 

 

 

Reportar Erro