No Piauí, Francinete Maia fala sobre disputa à vereança de Luís Correia

A secretaria estadual do Mulheres Republicanas Piauí ressalta a importância da mulher na política

Publicado em 08/10/2020 - 08:44

Luís Correia (PI) – O incentivo à participação da mulher na política, é um grande incentivo do Republicanos. Para fortalecer ainda mais essa mensagem o movimento do Mulheres tem em sua liderança no Piauí, a candidata a vereadora pelo município de Luís Correia, Francinete Maia.

Natural de Fortaleza (CE), Francinete, mora em Luís Correia há 20 anos, é nutricionista, chefe de família e mãe de um jovem de 23 anos, que a apoia e está sempre ao seu lado. A candidata não é marinheira de primeira viagem, a republicana foi eleita vereadora em 2012, sendo a primeira mulher a assumir a presidência da Câmara Municipal e 1ª suplente em 2016.

“Além de legisladora do meu município, fui representante parlamentar no (s) Conselhos APA Delta do Parnaíba, Conselho Municipal da Mulher e do Comitê de Mulheres da Planície Litorânea”, destacou.

Para falar mais sobre sua história, Francinete Maia, conta sobre sua trajetória política e planos futuros para levar melhorias à população de sua amada cidade.

Mulheres Republicanas – Está a quanto tempo na política?

Francinete Maia –  comecei em 2004 quando meu ex-marido iniciou na vida pública. Comecei sendo sua incentivadora e apoiadora. Em 2012 ele transferiu a responsabilidade para mim, pois chegava a vez da mulher tomar partido, ter vez e voz, vindo ser a protagonista.

Mulheres Republicanas – Qual seu objetivo como candidata?

Francinete Maia- Tenho muitos segmentos para lutar na Câmara Municipal de Luís Correia. Pretendo priorizar as pessoas mais vulneráveis. Lutar por políticas públicas voltadas à mulher, criança, o jovem e ao idoso.

Mulheres Republicanas – Por que escolheu o Republicanos?

Francinete Maia – Tenho muito afeto com o meu partido. Tenho orgulho em dizer que há 15 anos eu faço parte da história do Republicanos, desde a colheita das assinaturas, quando iniciamos o PNM, depois PRB e hoje Republicanos. Atualmente, ocupo o cargo de secretária estadual do Mulheres Republicanas e tento levar para elas, o prazer de ser republicana, nossos ideais, nossas lutas e o mais importante, mostrar a importância de termos mais mulheres nos representando nas Câmaras Municipais.

Mulheres Republicanas – Como você vê o papel da mulher na política?

Francinete Maia – A mulher precisa ser mais participativa, já avançamos, porém ainda somos poucas, quando comparamos o número de mulheres no eleitorado e na população brasileira. A mulher precisa entender que a participação dela é uma necessidade de todas.

Mulheres Republicanas – Qual sua prioridade se eleita?

Francinete Maia –  Todas as causas voltadas à mulher, criança, jovens e idosos. Quer ser seja na saúde, educação, social, esporte e lazer, não defendo uma bandeira, mas todas.

Mulheres Republicanas – Qual o seu diferencial na política?

Francinete Maia – Meu diferencial é a experiência que tenho com o meu mandato de 2012. Além disso, sei onde melhorar, o que tem que ser melhorado. Sem falar que como mulher., vou ser a voz feminina que falta em meu município.

Texto: Gisele Rocha | Ascom Mulheres Republicanas Nacional
Foto: Cedida 

Reportar Erro