“Nenhuma a Menos”: republicanas do DF promovem ação contra a violência

Campanha desenvolvida pelo Mulheres Republicanas visa a prevenção da violência contra a mulher

Publicado em 17/12/2019 - 00:00

Brasília (DF) – Com o auditório da sede do Republicanos lotado, o Mulheres Republicanas do Distrito Federal colocou em prática a ação “Nenhuma a Menos: Do Luto à Luta” – campanha nacional do movimento que visa a prevenção da violência contra a mulher. O evento, que aconteceu nesta quinta-feira (12), contou com a presença de diversas autoridades que foram essenciais para engajar o movimento e mostrar a necessidade da participação feminina na política.

A anfitriã do evento, secretária Tânia Bastos, afirmou que a reta final do ano é superimportante para ressaltar ainda mais os valores do movimento. “Agradeço a todos os apoiadores que nos ajudaram a fazer e acontecer. É importante que a gente nunca perca a capacidade de falar de assuntos tão importantes e urgentes, como a coibição da violência à mulher. É uma pauta de novembro, mas uma causa necessária para todos os dias do ano”, relembrou.

A deputada federal Aline Gurgel (Republicanos-AP) foi a primeira a falar ao público. Com uma dinâmica, a parlamentar colocou os participantes para refletirem sobre frases e pensamentos machistas, que impactam negativamente na vida de muitas mulheres que sofrem os mais diversos tipos de violência. “É importante que saibamos a nossa responsabilidade enquanto incentivadores. Não dá para rebaixar ainda mais mulheres que passaram por agressões ou estupros, por exemplo. Muitas de nós poderíamos evitar isso com pelo menos uma palavra de apoio”, explicou.

O movimento feminino brasiliense participou em peso do evento, como por exemplo secretárias do Sol Nascente, Vicente Pires, Taguatinga Sobradinho e São Sebastião. Responsável pela região de Vicente Pires, a secretária Luana Lima cantou para o público a música da campanha do Governo Federal contra a violência à mulher, #Vctemvoz. A música original, chamada “Amor que Dói”, é apresentada pela dupla Simone e Simaria.

Preconceito

O deputado federal Ossesio Silva (Republicanos-PE) foi um dos convidados da noite. Ele falou sobre a desigualdade racial na palestra “Preconceito: mito ou realidade?”. Para ele, a discriminação sofrida por mulheres é uma barreira ainda maior a ser vencida. “Quantas e quantas não passam por situações inaceitáveis na hora do parto, a violência obstétrica aumente ainda mais quando as mães são pretas, por exemplo. É necessário que cada um de nós lute para que essas desigualdades acabem”, explicou.

Comporam o time de convidados o secretário nacional do Republicanos, Evandro Garla; o Tesoureiro Nacional Mauro Silva; o presidente da Fundação Republicana Brasileira, Renato Junqueira; o presidente do Republicanos DF, Wanderley Tavares e o deputado federal Júlio César (Republicanos-DF).

Texto e fotos: Gabbriela Veras / Ascom – Mulheres Republicanas Nacional
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro