Mulheres Republicanas Ceará recebe curso de Lideranças Femininas

Além de motivar a participação de mais mulheres na política, Daniella Rabelo falou sobre a estratégia que elas precisam ter para encarar o novo normal

Publicado em 16/05/2021 - 08:00

Fortaleza (CE) – A primeira edição do curso de Lideranças Femininas de 2021 aconteceu no sábado (15), diretamente de Fortaleza, no Ceará. As mulheres republicanas de todo Brasil puderam conferir, ao vivo, por meio do canal do YouTube.

A realização do evento, que aconteceu no formato híbrido (presencial e virtual), seguindo as orientações sanitárias devido a pandemia do Covid-19, foi uma parceria entre o movimento feminino de mulheres do Republicanos e a Fundação Republicana Brasileira, a FRB. O evento teve, no início, a participação da artista Karolzinha, que fez uma apresentação musical, típica da Região Nordeste, acompanhada de uma sanfona.

Entre as autoridades do partido estavam presentes a secretária nacional do Mulheres Republicanas, a deputada estadual Tia Ju (Republicanos-RJ), a secretária do Mulheres Republicanas Ceará, Cássia Vasconcelos, a prefeita de Paraipaba, Ariana Aquino, a vereadora de Juazeiro do Norte, Jacqueline Gouveia, e o presidente do partido no Ceará, o vereador de Fortaleza, Ronaldo Martins. O presidente nacional do Republicanos, deputado federal Marcos Pereira, enviou um recado para as participantes. O presidente da FRB, Rusembergue Barbosa, também participou do evento.

“Aproveitem nosso curso, a fundação e a Faculdade Republicana estão de portas abertas para capacitar e ajudar no processo de formação política de cada um para as próximas eleições”, destacou.

A secretária Tia Ju falou da importância do curso e ressaltou que esse é um dos 10 pontos das metas apresentadas por ela, quando assumiu a gestão do Mulheres Republicanas, em março.

“Capacitar nossas republicanas é um dos pontos mais importantes das nossas metas. Quero agradecer e parabenizar a Cássia pelo desbravamento, pela dedicação de nos receber aqui no Ceará que foi escolhido para ser o primeiro estado, por entendermos que essa coordenadoria motiva e inspira suas mulheres. Estamos aqui porque fazemos parte de um partido que quer inserir mais mulheres na política e porque temos um presidente que acredita na força da mulher. O presidente e deputado federal Marcos Pereira tem um papel fundamental nas nossas conquistas e apoia nossas ações, nos dando carta branca na capacitação das republicanas. Vamos juntas!”, disse.

O objetivo do curso de Lideranças Femininas é levar às mulheres os conceitos de democracia, cidadania, política e ética que quando são bem aplicados podem trazer a diferença dentro da sociedade brasileira e mostrar que o lugar da mulher não é somente nos trabalhos domésticos, mas onde ela quiser estar.

A palestrante e cientista política Daniela Rabello abriu sua exposição lembrando que com a pandemia, as multifunções das mulheres foram intensificadas. Em uma breve viagem na história ele levou as participantes a compreender o processo de formação do pensamento social, político-cultural em torno da mulher, suas funções e seu papel na sociedade e também levantou um debate a respeito do uso do tempo e do conhecimento político.

A secretária do Mulheres Republicanas Ceará, Cássia Vasconcelos, emocionada, falou sobre sua luta como mulher, como mulher negra, como mãe e de que forma a política a ajudou a encontrar o seu lugar.

“Vim de uma realidade onde as pessoas diziam onde era o meu lugar. Na política, eu decido onde eu devo estar e o que eu quero fazer. Como secretária estadual do Mulheres Republicanas, procuro correr atrás de capacitação para minhas colegas de partido. Nesta tarde estamos vivendo um é um momento incrível e único que o Republicanos está nos proporcionando. Não queremos só mais mulheres na política, queremos mais mulheres capacitadas na política, na vida e nos espaços de poder e de fala”, reiterou.

O vereador Ronaldo Martins falou sobre a importância da iniciativa e da sua luta por convencer mais mulheres a entrar na vida política. “Somos um partido que tem por consciência motivar a participação das mulheres na política. Apoiamos as ações e iniciativas e temos o desafio de convencer as mulheres de assumirem um compromisso político de participar de pleitos. Nosso partido sempre vai apoiar a participação feminina, podem contar com a gente”, disse.

Daniella Rabelo também ressaltou a necessidade das mulheres pensarem estrategicamente. “Precisamos de várias mulheres nos espaços de poder, na política, no judiciário, pois só a mulher conhece a real necessidade de outra mulher, pois vivemos isso diariamente. Em relação aos homens, precisamos somar juntos, tanto na política como na vida, precisamos ser companheiros uns dos outros, só assim, juntos, ficaremos mais fortes. Temos um partido que abraça a participação feminina na política, logo precisamos estar prontas e preparadas para aproveitar cada nova oportunidade. Lembro que precisamos estar capacitadas para as eleições de 2022 e o momento é agora, a partir de já”, disse.

As secretárias estaduais do movimento tiveram uma participação especial, com uma sala virtual exclusiva, de onde assistiram o curso.

Ainda sem data definida, a próxima edição do Curso de Lideranças Femininas, está bem próximo e foi confirmada no estado do Rio Grande do Sul, com o mesmo objetivo, o de capacitar e formar mais mulheres para sua inserção na política e nos espaços de poder.

Texto: Gisele Rocha / Ascom – Mulheres Republicanas Nacional
Fotos:  Joel Nascimento

Reportar Erro
Send this to a friend