Maria Rosas apoia projetos na área da saúde da mulher

A defesa dos direitos femininos é uma das principais bandeiras da deputada republicana

Publicado em 13/12/2020 - 07:45

São Paulo (SP) – A deputada federal Maria Rosas (Republicanos-SP) recebeu representantes do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) e do Hospital da Mulher de Campinas, em São Paulo, Fabiana Casellato e Marina Sylvestrin, respectivamente. No encontro, foram apresentados novos projetos das instituições à parlamentar.

Neste ano, Maria Rosas destinou ao CAISM uma emenda no valor de 200 mil para a compra de medicamentos quimioterápicos para o tratamento de câncer e que beneficiará cerca de 450 pacientes. O CAISM atende, em média, 100 mil mulheres por ano. “Queremos ampliar o acesso ao tratamento contra o câncer. Nossa luta é para que mais mulheres tenham saúde de qualidade”, disse a republicana.

O Hospital da Mulher de Campinas é o 1º da América Latina especializado na saúde integral da mulher. A instiruição possui banco de tecidos, além de um laboratório que é referência no controle de qualidade do exame papanicolau, e referência nacional no apoio às vítimas de estupro, com suporte de até seis meses após a agressão. A unidade de saúde realiza cirurgias intrauterinas, possui 30 leitos de UTI neonatal e 8 leitos de UTI adulto. Possui, ainda, um centro de oncologia, que atende 60 municípios e realiza, em média, 90 mil atendimentos por ano.

Francisco Morato também recebeu emenda

Além do CAISM, Maria Rosas destinou outra emenda, também no valor de R$ 200 mil, para o Sítio Agar de Francisco Morato (SP). O espaço é um local de acolhimento de crianças e adolescentes quando afastados de suas famílias por ordem judicial. A instituição se mantém com a colaboração da prefeitura e a contribuição mensal dos seus associados e empresas.

Em Francisco Morato, existem duas unidades do Sítio, com capacidade de 20 assistidos em cada uma delas. Por ano, a média é de 60 atendimentos. Também serão realizadas adequações no espaço para garantir acessibilidade a todos. O recurso será́ utilizado na compra de material pedagógico, material de apoio para o trabalho administrativo e esportivo e ainda, equipamento multidisciplinar, como lápis, papel e outros. O recurso é de reestruturação da Rede SUAS – Serviço Único de Assistência Social, e vinculado ao Ministério da Cidadania.

Texto: Ascom – deputada federal Maria Rosas
Edição: Ascom Mulheres Republicanas
Foto: cedida

Reportar Erro
Send this to a friend