Lugar de mulher é na política, no esporte e onde mais ela quiser

Lugar de mulher é na política, no esporte e onde mais ela quiser

A republicana que fez a diferença no esporte, agora quer brilhar na política

Publicado em 09/07/2020 - 08:44

Torres (RS) – Começamos nossa pauta de hoje, com muita atitude. Vamos conhecer a republicana de Torres, no Rio Grande do Sul, Silvana Justo (36), que aceitou o desafio e é pré-candidata à vereadora pelos Republicanos em sua cidade.

Silvana é uma mulher de muita atitude e sabe o que quer desde muito cedo. Atleta, ela é oriunda do esporte. “Eu amo demais o esporte, antes da pandemia estava em vários times de vôlei e futsal, além de ser voluntária em uma ONG de boxe. Acredito que através do esporte é possível sim, desenhar um futuro melhor aos nossos jovens”, disse. Já deu para perceber que o esporte é uma de suas bandeiras. “A inclusão social dos jovens através das práticas esportivas, o ingresso deles no mercado de trabalho e o acesso a uma educação de qualidade, também será minha prioridade”, completou.

A republicana faz parte do Republicanos desde os seus 16 anos e sempre esteve na política, trabalhando em campanhas.  Silvana conta que o convite para ingressar no movimento, veio em 2019, quando o presidente do partido, no município de Torres, perguntou se ela aceitaria ser pré-candidata em 2020.

“De pronto falei que sim, porque sempre gostei muito de ser voluntária em projetos sociais, ONGs, conheço muito as necessidades de meu bairro e outras comunidades aqui do município. Faço parte de um projeto chamado ‘Help’ que trabalha com jovens e adolescentes.  Nele, trabalhamos a conscientização de temas importantes e buscamos soluções contra desejo de suicídio, depressão, entre outros, ressaltou Silvana que faz esse tipo de ação, desde 2018, assim como nas ruas e também palestras nas escolas.

No Republicanos, Silvana já participou de todos os seminários possíveis. Em 2019 fui empossada como secretária do Mulheres Republicanas de Torres.

“Meu objetivo como pré-candidata, é participar ativamente das políticas públicas do meu município, a fim de contribuir mais ainda com as famílias de minha cidade, lutar pelas causas de outras mulheres e em defesa dos direitos das crianças e adolescentes. Quero fiscalizar mais de perto ações e políticas voltadas a esses públicos. Nosso desafio será ainda maior daqui para a frente, tanto na educação de nossas crianças, como na profissionalização dos jovens, os tempos e as tecnologias estão mudando a todo tempo, e o pós-Covid vai ser desafio para todos os setores”, reiterou.

Silvana finaliza reiterando o desejo de lutar pelo empoderamento das mulheres de Torres e ajudar, com políticas públicas, no combate da violência, feminicídio, e atuar em prol da saúde da mulher.

Texto:  Gisele Rocha / Ascom – Mulheres Republicanas
Foto: Reprodução

Reportar Erro
Send this to a friend