Francisco Morato faz adesão à campanha “Vacina Contra a Fome”

A campanha vai ajudar famílias atingidas financeiramente pela pandemia da Covid-19

Publicado em 06/04/2021 - 08:00

Francisco Morato (SP) – A Prefeitura de Francisco Morato fez adesão à campanha “Vacina contra a Fome”, lançada no dia 31 de março pelo Governo de São Paulo. Na campanha, as pessoas que forem tomar a vacina podem doar alimentos não perecíveis, como arroz, feijão ou leite em pó. As doações vão ser repassadas pelas prefeituras para as famílias afetadas pela crise causada durante a pandemia.

“A vacina nos trouxe esperança de dias melhores, e agora quem recebe a dose do imunizante contra o coronavírus também pode doar uma dose de amor. Para participar é muito simples, na hora de se vacinar contra a covid-19, você pode levar um quilo de alimento da cesta básica no posto de vacinação. Pode ser arroz, feijão, macarrão, óleo vegetal ou leite em pó, prioritariamente, entre outros”, reforçou Renata Sene (Republicanos), prefeita de Francisco Morato.

Toda arrecadação será revertida em doação, informa Ana Gusmão, presidente do Fundo Social de Solidariedade de Francisco Morato. “Estivemos no fundo social da nossa cidade no dia de ação solidária. Tivemos arrecadações de kits de higiene, limpeza e alimentos que serão doados para famílias em vulnerabilidade social atingidas pela crise econômica da pandemia”, destacou.

De acordo com a prefeita, todos os alimentos arrecadados serão encaminhados ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) para atender famílias que procuram a segurança alimentar dos seus lares. “Quero agradecer a todos que nos ajudaram. Podemos contar com a ajuda de funcionários públicos, da população solidária de Francisco Morato, dos vereadores e deputados. Nossa meta era arrecadar três toneladas, mas arrecadamos cinco toneladas e meia”, disse a republicana.

As doações serão recebidas no posto de vacinação drive-thru, que está montado no Centro Social Urbano (CSU), das 9 às 17 horas, de segunda a sexta-feira. E no sábado e domingo, das 9 às 15 horas.

Vacinação

Segundo atualização do programa VaciVida do Governo do estado, até as 15 horas de quarta-feira (31) foram aplicadas, na cidade, 12.600 doses de vacinas. “Vale ressaltar que essas doses são as que recebemos do SUS. Além disso, o município já deu outro passo importante para compra de outras vacinas, por meio do Consórcio Nacional de Vacinas, de iniciativa da Frente Nacional dos Prefeitos, e por meio de contato com o escritório da Rússia em São Paulo. Seguimos nossa luta em defesa da vida”, finalizou Renata.

Texto: Gisele Rocha/Ascom Mulheres Republicanas
Foto: cedida

Reportar Erro
Send this to a friend