Fabiana Pessoa alerta sobre campanha do Setembro Amarelo em Arapiraca (AL)

Ações marcam o Setembro Amarelo e o combate ao suicídio

Publicado em 26/09/2020 - 15:22

Arapiraca (AL) – É sabido que o mês de setembro é muito falado sobre o combate ao suicídio e dos demais problemas que possam atingir a saúde mental da população. Em Arapiraca, a campanha do Setembro Amarelo ganha a força e o apoio da prefeita Fabiana Pessoa (Republicanos). Diante disso, ações no Centro de Atenção Psicossocial da cidade, realiza iniciativas para apoio emocional e pela prevenção do suícidio.

A republicana, que assumiu o Executivo do município há pouco tempo, falou sobre a prevenção e combate dos transtornos. “O Setembro Amarelo é um momento de alerta muito importante para saúde mental e eu me importo com todos que vivem esse problema”, disse Fabiana. A republicana que é pré-candidata à reeleição na cidade, completa que a doença é séria. “Não é frescura, não é loucura. O Brasil está no topo do ranking no número de casos de depressão na América Latina, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Por isso, precisamos estar atentos com um olhar mais solidário para a dor do próximo”, ressalta.

Já na manhã da última quinta-feira (24), a Secretaria Municipal de Saúde realizou uma blitz educativa e de acolhimento em trecho da avenida Ceci Cunha, no bairro Itapuã. Durante a ação, equipes do Centro de Atenção Psicossocial (Caps-AD), distribuiram laços da cor símbolo da campanha e panfletos educativos, com dados da Organização Mundial de Saúde e orientação sobre formas de identificação de pessoas sob risco de suicídio e os serviços disponíveis no município, de maneira gratuita, para quem precisa de ajuda.

Vestidos da cor amarela, com cartazes, faixas e balões, os colaboradores da atividade chamaram a atenção de motoristas, passageiros e pedestres que passavam pelo cruzamento entre a Avenida Ceci Cunha, próximo à sede do Casp AD, um dos órgãos municipais da Rede de Atenção Psicossocial do município.

Fabiana ainda lembrou o trabalho do Centro de Valorização da Vida (CVV), que é um serviço de apoio emocional, gratuito e funciona através de escuta telefônica, no Disque 188, durante 24h por dia. “Busque ou peça ajuda, ligue 188”, finalizou a pré-candidata

Fonte: Ascom – Prefeitura de Arapiraca
Edição: Gisele Rocha / Ascom – Mulheres Republicanas
Foto: divulgação

Reportar Erro