Em Campinas, Vandecleya Moro debate ações para pessoas em situação de rua

A secretária de Assistência Social da cidade tratou de temas como segurança e qualidade de vida para essas pessoas

Publicado em 07/06/2021 - 08:00

Campinas (SP) – Com o objetivo de encontrar soluções para as pessoas em situação de rua em Campinas, São Paulo, a secretária de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos do município, Vandecleya Moro (Republicanos), se reuniu, no dia 31 de maio, com representantes da prefeitura, da Polícia Militar Rodoviária, da câmara municipal e da CCR Autoban para tratar de temas voltados para este público.

Para a republicana, essas pessoas precisam ser tratadas com dignidade e seu principal objetivo é garantir políticas públicas eficazes. “Pessoas em situação de rua, ao transitar em estradas, colocam em risco a própria vida e a de outras pessoas. Ao realizarmos um trabalho conjunto, conseguiremos garantir mais segurança nas rodovias que cortam nossa cidade”, afirmou Vandecleya.

Em 2020, o Censo da Prefeitura de Campinas apontou que a população de moradores de rua chegou ao total de 822 pessoas, um aumento de 31,9%. Segundo a secretaria, os fatores que levam as pessoas para as ruas são: precarização da condição de vida, conflitos familiares, desemprego, uso de álcool e outras drogas e perda de moradia. A proposta ainda está em fase de discussão para ser implementada nos órgãos de acolhimento às pessoas em situação de rua que estiverem nas rodovias.

300 cartões para o Campinas sem Fome

Uma Rede de Supermercados realizou a entrega de 300 cartões de crédito de alimentação para famílias de Campinas em situação de vulnerabilidade. Essa é mais uma parceria firmada entre a secretária de Assistência Social, liderada pela republicana Vandecleya Moro. “A campanha Campinas sem Fome continua e toda ajuda é bem-vinda. Quero agradecer à empresa por esse gesto solidário.

Os cartões de crédito de alimentação são no valor de R$ 100 cada e serão repassados ao banco de alimentos. A Campanha Campinas sem fome já arrecadou 535 toneladas de alimentos e beneficiou mais de 18 mil famílias. “Foram quase 30 mil cestas básicas distribuídas, e cerca de três toneladas de produtos de higiene e limpeza também foram destinados às famílias no município”, completou Vandecleya.

Fonte: Prefeitura de Campinas
Edição: Gisele Rocha/ Ascom Mulheres Republicanas

Reportar Erro
Send this to a friend