Aline Gurgel visita centro de saúde responsável pelos casos de Covid-19

A republicana destinou recursos para a UPA de Laranjal do Jari, Amapá

Publicado em 24/01/2021 - 16:00

Laranjal do Jari (AP) – A deputada federal Aline Gurgel (Republicanos-AP) tem feito vistorias nos centros de saúde do Amapá para acompanhar de perto a situação dos locais que recebem pacientes diagnosticados com o novo coronavírus (Covid-19). A última visita feita pela republicana foi à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Laranjal do Jari. Aline deixou claro que investe na saúde da população para que casos da doença se mantenham estáveis:

“Já enviamos mais de R$ 3 milhões em recursos para o Estado enfrentar a luta contra a Covid-19 e vamos continuar fortalecendo a saúde de Laranjal do Jari enviando mais recursos para que nosso estado não entre em colapso. Parabenizo toda a equipe em nome da diretora da UPA, enfermeira Socorro Araújo, pelo excelente trabalho na linha de frente contra a Covid-19”, disse a parlamentar.

UPA Laranjal do Jari

A UPA está localizada no bairro Cajari, na entrada da cidade, o que facilita o acesso para os moradores do Vale do Jari, solucionando 97% das demandas de atendimento à saúde. A unidade tem capacidade para atender 4.500 pessoas por mês.

A estrutura da UPA de Laranjal do Jari é para o atendimento de urgência e emergência 24h, através da classificação de risco, exames laboratoriais, raio-X, eletrocardiograma e atendimentos de complexidade intermediária como: problemas de pressão, corte com pouco sangramento, queda com torção e muita dor, queda com suspeita de fratura, febre alta, cólicas renais, intensa falta de ar, convulsão, dores no peito e vômito constante.

Além disso, a unidade conta com o auxílio da equipe multiprofissional, composta por médicos, psicólogo, assistente social, enfermeiros, técnicos em enfermagem, farmacêuticos, biomédicos, técnicos em radiologia, técnicos em laboratório e nutricionista.

Esta situação mudou com a chegada da pandemia do coronavírus ao país. Com isso, a UPA passou a ser o centro de referência no tratamento da população que poderia ser diagnosticada com a doença.

Texto: Gabbriela Veras | Ascom – Mulheres Republicanas Nacional, com informações da Prefeitura de Cajari
Foto: divulgação

Reportar Erro
Send this to a friend