PE pode ficar sem recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública

Alerta foi feito pelo deputado estadual William Brigido (Republicanos-PE), durante pronunciamento na Assembleia Legislativa

Publicado em 05/09/2019 - 00:00

Recife (PE) – Em pronunciamento realizado na quarta-feira (4), na Assembleia Legislativa, o deputado estadual William Brigido (Republicanos-PE) fez um alerta: “Um dos critérios para o recebimento de recursos federais do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP), definidos pelo Ministério da Justiça, é a existência de uma delegacia específica no combate à corrupção. Essa é justamente a exigência que deixa o Estado de Pernambuco inabilitado para receber esse dinheiro tão importante para fomentar as ações de prevenção à violência” disse.

O problema, segundo o parlamentar, “é que por decisão do governador Paulo Câmara, a delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp) foi extinta. No lugar dela, o governo criou um departamento que abrange todos os tipos de crime, o Draco”, contou.

Segundo ele, “a Decasp era uma delegacia de referência no controle, prevenção e repressão à corrupção em nosso estado”.

O Fundo Nacional de Segurança Pública tem por objetivo garantir recursos para aprovar projetos, atividades e ações de combate ao crime organizado.

Texto: Carlos Gambôa / Ascom – deputado estadual William Brigido
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)
Foto: José Fernando

Reportar Erro
Send this to a friend