PE: blitz de trânsito pode ganhar “drogômetro”

Iniciativa do deputado estadual William Brigido (Republicanos-PE) propõe o uso de aparelhos para detecção de substâncias psicoativas em condutores

Publicado em 19/08/2019 - 00:00

Recife (PE) – Um projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), de autoria do deputado estadual William Brigido (Republicanos-PE), propõe o uso de aparelhos com tecnologia de screening para detecção de substâncias psicoativas em condutores de veículos do estado, conhecido como “drogômetro”.

De acordo com o parlamentar, o aparelho já está sendo utilizado com sucesso em outros países. Ele funciona de forma similar ao bafômetro, o equipamento é capaz de detectar o uso de drogas a partir de amostras de saliva do motorista.

“Será uma ferramenta importante no combate às mortes no trânsito. Pernambuco já é o segundo estado do Brasil que mais registrou internações em hospitais em consequência de acidentes na última década”, contabilizou Brigido, ressaltando que, apenas entre 2009 e 2018, o número de vítimas que deram entrada em unidades de saúde pública cresceu 725%.

O deputado também salientou que a ferramenta inibirá o risco de haver mais motoristas sob efeito do uso de substâncias químicas, minimizando as possibilidades de ocorrerem acidentes graves. O parlamentar ainda sugeriu que as empresas seguradoras de veículos sejam as responsáveis pelo fornecimento dos “drogômetros” a serem utilizados nas blitze.

Texto: Carlos Gambôa / Ascom – deputado estadual William Brigido
Foto: Roberto Soares

Reportar Erro