Assembleia homenageia ministra Damares Alves com título de cidadã mineira

Assembleia homenageia ministra Damares Alves com título de cidadã mineira

A homenagem foi solicitada pelo 2º Secretário da Assembleia Legislativa de Minas gerais, deputado Carlos Henrique

Publicado em 21/11/2019 - 00:00

Belo Horizonte (MG) – A ministra de da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, recebeu, na terça-feira (19), o título de Cidadã Honorária de Minas Gerais, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

O autor da homenagem, deputado Carlos Henrique (Republicanos-MG), destacou que “o reconhecimento se dá pelos trabalhos frente ao ministério no combate a toda forma de violência, preconceito, discriminação e intolerância, assim como as ações em prol da igualdade e fortalecimento da família”.

Atuando no Congresso Nacional há mais de 20 anos, a advogada é considerada uma referência no combate à pedofilia e proteção da infância. Trouxe ao protagonismo a voz de milhares de crianças com deficiência, vítimas do infanticídio indígena. Advoga voluntariamente há muitos anos para mulheres e crianças em situação de vulnerabilidade social e violência doméstica.

Entre as ações do ministério, consta a promoção de políticas públicas voltadas aos direitos humanos, com atenção especial às mulheres, família, criança e adolescente, juventude, pessoa idosa, pessoa com deficiência, população negra, minorias étnicas e sociais, indígenas.

“Eu já era mineira e não sabia”. Com essa frase, Damares sintetizou sua trajetória, citando diversos personagens mineiros que participaram de sua caminhada em Minas Gerais.

A reunião especial foi o último compromisso da ministra na Assembleia na terça (19). Pela amanhã, ela participou de audiência da Comissão de Direitos Humanos sobre políticas de prevenção ao suicídio e automutilação.

Texto: Jaqueline Alves
Fotos: Guilherme Bergamini / Lúcio Queiroz
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro