Agroturismo em Paty do Alferes ganha apoio da Seappa

Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Eduardo Lopes (PRB), esteve na cidade e conheceu todo o roteiro de turismo rural do município

Publicado em 09/05/2019 - 00:00

Paty dos Alferes (RJ) – O roteiro de turismo rural do município de Paty do Alferes, na região do Médio Paraíba, foi lançado em janeiro deste ano. No último fim de semana, o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Eduardo Lopes (PRB), esteve na cidade e conheceu todo o roteiro, de dois dias, acompanhado pelo prefeito Juninho Bernardes, dos secretários municipais de Agricultura, Thiago Peralta, e de Turismo, Ana Paula Oliveira, além, também, do coordenador de turismo rural da Seappa, Pablo Kling.

O objetivo é inserir a atividade agropecuária, principalmente da agricultura familiar, no roteiro que vai receber visitação. De acordo com o secretário da Seappa, o turismo associado à agricultura é uma forte ferramenta para a valorização dos produtos e serviços da atividade agropecuária.

“O turismo no espaço rural deve ser uma fonte secundária de recursos para as famílias do campo. Estamos impulsionando o setor do agronegócio, e o turismo é a ferramenta que, de uma maneira mais rápida, pode significar essa renda a mais que os produtores rurais precisam para reinvestir em seu próprio negócio”, disse Eduardo Lopes.

Para o prefeito de Paty do Alferes, Juninho Bernardes, a presença do secretário dá mais visibilidade para o município e anima ainda mais todas as pessoas envolvidas no roteiro. “Estamos muito contentes com a visita do secretário Eduardo Lopes. Estivemos aqui, junto no dia do lançamento do roteiro, onde ele prometeu vir conhecer, e veio. Estamos certos de que a presença da Secretaria de Estado no município pode trazer muitos benefícios para a produção local”, comentou.

Segundo o coordenador de Turismo Rural da Seappa, Pablo Kling, o turismo rural no estado do Rio precisa contemplar mais a atividade agropecuária, e não somente o espaço rural. “Nosso desafio é complementar os roteiros de turismo rural com mais ruralidade, pois a principal característica do turismo rural é seu comprometimento com a atividade agropecuária, agregando valor aos produtos e serviços”, destacou.

Entre os locais visitados estava a Seal, que produz o Sweet Grape, tomate-uva que em pouco tempo terá sua produção e também parte o processo de higienização abertos para a visitação, incluindo um “colhe e pague”, onde o visitante poderá vivenciar todas as etapas da produção.

Outros lugares, como a Fazenda Manga Larga, que deu seu nome à raça de cavalos, o primeiro museu da cachaça do Brasil, a feira agroecológica, que acontece todo sábado, no Centro de Paty, a pousada Nova Gironda, que proporciona experiência e contato com diversos animais, e também uma etapa da Copa de Marchas.

“A atividade do agroturismo beneficia o município, gera emprego e renda e colabora no fortalecimento da economia em nosso estado. Vamos continuar nessa luta e parcerias e ver o Rio voltar a crescer”, concluiu o secretário Eduardo Lopes.

Texto e foto: Ascom – Seappa/RJ

Reportar Erro
Send this to a friend