João Roma é favorável à oferta de cirurgia cardíaca mais segura

João Roma é favorável à oferta de cirurgia cardíaca mais segura

Deputado do Republicanos apresentou parecer favorável ao projeto que garante a oferta de cirurgia cardíaca mais segura e menos invasiva pelo SUS

Brasília (DF) – O deputado federal João Roma (Republicanos-BA) votou pela admissibilidade do Projeto de Lei nº 5.460/2016, do qual foi relator na Comissão de Constituição Justiça e Cidadania, nesta quarta-feira (25).

O projeto determina que o Sistema único de Saúde (SUS) oferte o tratamento de implante por cateter de prótese valvar aórtica, um procedimento mais seguro e menos invasivo para os pacientes cardíacos. A proposta é do Senado Federal (PLS nº 488/2015), de autoria do senador Acir Gurgacz.

“O projeto de lei evita um tema dramático para as administrações municipais, estaduais e federais que é a judicialização dos tratamentos dentro do sistema de saúde brasileiro, o que acaba inviabilizando as finanças públicas. Permite também a universalização dos serviços de saúde, ao possibilitar que o SUS ofereça um serviço que, muitas vezes, é o único que pode ser adotado. Além disso, propicia uma economia nas finanças públicas já que a tecnologia utilizada é mais avançada e eficaz, impedindo retornos sucessivos do paciente”, afirmou Roma após a leitura do relatório, realizada pelo deputado federal Luizão Goulart (Republicanos-PR).

O tratamento auxilia pacientes que possuem estenose valvar aórtica, um estreitamento da válvula aórtica que dificulta que o fluxo de sangue chegue corretamente ao coração, fazendo com que ele trabalhe mais. Muitos desses pacientes não podem ser submetidos ao tratamento convencional, que é a cirurgia cardíaca com abertura do peito, devido aos riscos elevados envolvidos no procedimento.

Segundo a Comissão de Seguridade Social e Família, que já aprovou o projeto, os pacientes idosos com contraindicação cirúrgica para a doença acabam ficando desassistidos pelo SUS, já que, muitas vezes, o tratamento menos invasivo, que é o que está sendo proposto, é a única possibilidade que esses pacientes têm de uma sobrevida. A comissão de Finanças e Tributação (CFT) também foi favorável à admissão do relatório, após análise de compatibilidade e adequação orçamentária e financeira, com parecer técnico.

Na CCJ, o relator João Roma, também falou sobre a defesa do projeto feita pelo Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e reforçou que não há nenhuma inconstitucionalidade já que está de acordo com os artigos 23 e 24 da Constituição Brasileira que versam sobre a responsabilidade da União, Estados, DF e Municípios de cuidar da saúde e legislar sobre a proteção e a defesa da saúde. Após a leitura do relatório, houve pedido de vista por parte do colegiado e a expectativa é que a matéria retorne à pauta da CCJ nas próximas sessões.

Texto e fotos: Ascom – deputado federal João Roma
Edição: Agência Republicana de Comunicação (Arco)

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal Republicanos? É muito simples. A Agência Republicana de Comunicação (Arco) disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@republicanos10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.