Republicanos RS amplia representação no Poder Legislativo dos municípios

Com 56 eleitos em 2016, partido comemora 103 vereadores no pleito de 2020

Publicado em 17/11/2020 - 12:01

Porto Alegre (RS) – O Republicanos do Rio Grande do Sul praticamente dobrou a sua representação no Poder Legislativo dos municípios gaúchos no pleito de 2020, ao eleger 103 vereadores (as). Em 2016, 56 parlamentares do então Partido Republicano Brasileiro (PRB), foram escolhidos pelas suas comunidades.

A legenda também conquistou, no último domingo (15), seis prefeituras e garantiu composição no governo em outras nove cidades, onde terá vice-prefeitos.

Gisele Schneider, primeira prefeita eleito do Republicanos/RS

“A política de base feita pelas nossas lideranças, com diálogo permanente com a população, para conhecer as suas demandas e buscar soluções a elas, foi reconhecida nas urnas. Não existe ocupante de cargo eletivo que esteja mais perto da sua gente do que o vereador”, definiu o presidente estadual do partido, deputado federal Carlos Gomes. “Em Santa Maria e em Santa Cruz do Sul, tivemos os vereadores mais votados da cidade, Alexandre Vargas e Bruna Molz, respectivamente, o que demonstra a força dos nossos quadros nas casas legislativas”, destacou o deputado.

Três republicanos foram reconduzidos à gestão dos seus municípios: Irineu Fantin, em Mariano Moro; Abel Grave, em Ibirubá, e Maico Betto, em Vila Maria. Já em Maratá, foi eleita a primeira prefeita do partido no RS, a ex-secretária de Saúde Gisele Schneider, que obteve 47,69% dos votos válidos. A lista de prefeitos do 10, número de registro do Republicanos, é completada por Ricardo Vargas (Charqueadas) e Biba Menin (Porto Xavier).

A partir de 2021, haverá vice-prefeito do Republicanos em Campinas do Sul, Flores da Cunha, Glorinha, Gravataí, Marques de Souza, Salto do Jacuí, Santana do Livramento, Três de Maio e Uruguaiana.

Texto: Ascom – Republicanos RS
Fotos: Jorge Fuentes

Reportar Erro