Professora Eliza fala do desafio das Eleições Municipais 2020

Funcionária pública e pré-candidata a vereadora, professora Eliza se destaca pela gestão impecável na educação

Publicado em 03/09/2020 - 08:34

Parnamirim (RN) – Lugar de mulher é… “desbravando os obstáculos que surgem em seu caminho e buscando transformação”. Bem direta, essa é nossa pré-candidata de hoje, Professora Eliza (38), mãe, esposa, cristã e pré-candidata a vereadora da cidade de Parnamirim, no Rio Grande do Norte.

A professora que está há 20 anos na política, também é secretária municipal do Mulheres Republicanas Parnamirim e já participou do processo de eleição direta para gestores escolares. Ela foi eleita em 2015 para o biênio 2016-2017 e reeleita em 2017 para o biênio 2018-2019, mandato prorrogado para o ano letivo 2020.

Bem atuante em projetos sociais, Eliza participou do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) e Programa de Prevenção às Drogas e à violência (PROERD), ambos ligados à administração pública. “Na união com amigos constituímos o grupo Alegria é poder servir, ofertando apoio emocional e material às pessoas em instituições do RN que atendem crianças e idosos”, disse.

Entrevista

Mulheres Republicanas – Fale sobre sua origem e sobre sua vida na política.

Professora Eliza – Sou a 1° filha de um casal de classe média, que lutou incansavelmente para conquistar seus objetivos. Minha formação educacional se deu em escolas da rede pública e privada. Na construção da minha identidade recebi orientação cristã, participando de grupos de jovens e quando casada participando de grupos de casais, de respeito ao próximo, humildade, dignidade, honestidade e solidariedade. Trago comigo exemplos familiares: minha mãe sempre buscou seu espaço enquanto mulher na sociedade interagindo no cenário político. Meu pai idealizou e executou projetos sociais para ajudar ao próximo. E a minha participação, acompanhando-os proporcionou crescimento e coragem para enfrentar os obstáculos que venham a surgir na trajetória da vida. Participei de diversos grupos que desenvolvem ações sociais em comunidades. Na juventude, nos envolvemos em movimentos políticos nas campanhas eleitorais. Casei jovem, e na responsabilidade da vida adulta, busquei construir minha formação profissional para desenvolver minhas atividades de forma ética e significativa, tendo a consciência dos desafios que ela me proporciona. Tendo como foco a empatia na resolução de cada situação. Assim, meu ingresso no serviço público se deu de forma efetiva por aprovação em dois concursos públicos para professora. Pelas minhas mãos passaram inúmeros jovens, que hoje, de coração alegre, recebo a recompensa quando retornam apresentando o caminho que trilharam com base nas orientações que foram proporcionadas em nossas atividades.

Mulheres Republicanas – Como ingressou na política?

Professora Eliza – Através da influência da minha mãe que sempre esteve à frente de grupos femininos com trabalhos sociais em comunidades. A acompanho há 20 anos em campanhas eleitorais em Natal e Parnamirim. Assim como também, acompanhando meu pai que atua como organizador e coordenador de campanhas eleitorais.

Mulheres Republicanas – Qual o seu objetivo como pré-candidata?

Professora Eliza – Apresentar aos Parnamirinenses quem é a Professora Eliza, o que ela já fez por Parnamirim em sua história profissional, principalmente, na transformação da realidade dos jovens e das suas famílias através da Educação.

Mulheres Republicanas – Porque escolheu o Republicanos?

Professora Eliza – Por ser o partido que representa, em sua ideologia, a posição da mulher na política e suas influências na sociedade. Tem representatividade no município, através do atual gestor, bem como, na Assembleia Legislativa com a presença feminina.

Mulheres Republicanas – Qual o seu diferencial na política?

Professora Eliza –  O respeito e a atenção a cada cidadão/cidadã para que juntos possamos desenvolver um trabalho coletivo, ético, democrático e participativo na construção de uma sociedade mais justa e solidária.

Mulheres Republicanas – Qual a sua prioridade se eleita?

Professora Eliza – Desenvolver um trabalho legislativo de qualidade tendo como base o respeito, a transparência, a ética e a participação da população no nosso mandato, na busca pelo desenvolvimento de ações, projetos e políticas públicas voltadas a educação, a valorização e geração de oportunidades para os jovens, ao esporte, a cultura e a mulher, está sendo o centro das prioridades do nosso mandato. No nosso mandato queremos valorizar as mulheres fortalecendo o conhecimento através de formações, engajamento para que assim elas construam seu empoderamento político e social.

Mulheres Republicanas –  Sobre o papel da mulher na política, qual sua posição?

Professora Eliza – A presença da mulher hoje é primordial no cenário político.  Mesmo assim, temos consciência que estamos em processo de construção dessa presença e participação feminina neste segmento. A mulher passou anos sendo “obrigada” a calar-se diante de determinados assuntos na sociedade, entre eles: política.

De um tempo não tão longe aos dias atuais, passou-se a construir essa identidade da mulher na política através das suas lutas, tendo hoje o desafio de participar através da liberdade que conquistou para ter vez e voz, buscando a formação que se constitui a cada dia nos espaços políticos da sua autonomia cidadã, assim como seu aprendizado por meio do conhecimento e entendimento sobre os processos legislativos e executivos.  Toda essa trajetória volta-se na tentativa de amenizar as situações impostas pela sociedade machista, e assim, fomentar, instigar e fortalecer mais mulheres nesse espaço visando construir um país mais justo e igualitário para todos/todas!

Mulheres Republicanas – Qual sua experiência na gestão pública?

Professora Eliza – Participei de diversas campanhas eleitorais e desde 2008, passei a fazer parte de equipes de coordenação. Com as eleições diretas para gestores de escolas da rede pública do município de Parnamirim, o que nos traz a oportunidade de atuar como gestora pública buscamos realizar nosso mandato diretamente junto às políticas desenvolvidas pela gestão municipal. E nessa vivência no chão das escolas da rede pública, em especial, diante das nossas lutas para oportunizar um trabalho de qualidade junto à comunidade surgiu o anseio de representá-los no legislativo.

Por Gisele Rocha | Ascom –  Mulheres Republicanas Nacional
Foto: Divulgação

 

Reportar Erro