Republicanas debatem sobre direitos da criança e do adolescente em live

Renata Sene e Érica Rodrigues falaram sobre suas atuações a favor do grupo em suas respectivas cidades

Publicado em 15/07/2020 - 13:22

Búzios (RJ) – Na noite da última segunda-feira (13), dia que se celebra, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que comemorou na data os seus 30 anos, as republicanas Erica Rodrigues (Republicanos), pré-candidata a vereadora de Búzios e a prefeita de Francisco Morato, Renata Sene (Republicanos), debateram os direitos infantis, durante live transmitida pelo Facebook.

Durante a transmissão, as republicanas abordaram não somente assuntos relacionados à pedofilia e abuso sexual, foram tratados também, o trabalho do poder público na erradicação do trabalho infantil, a inserção dessas crianças e adolescentes nas escolas, a diminuição da mortalidade infantil e neonatal, além de programas de prevenção e conscientização, dentre tantas outras realidades que atingem esse universo.

Érica Rodrigues, anfitriã da live, é secretária do Mulheres Republicanas de Búzios, na Região dos Lagos, do estado do Rio de Janeiro; ela também é conselheira da Comissão da Criança e Adolescente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança da cidade fluminense. Durante a live, a republicana destacou a importância de políticas públicas neste segmento. “A vulnerabilidade dificulta garantia de direitos de crianças e adolescentes. O direito delas tem que ser prioridade. É necessário pensar em políticas públicas para elas, além de protegê-las, o que impacta diretamente na família e na sociedade como um todo”, ressaltou.

A convidada Renata Sene, além de prefeita, é assistente social por formação e recebeu no início do mês, uma honraria da Abrinq – Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos, com o prêmio “Prefeito Amigo da Criança”. Agraciada com a oportunidade de poder falar mais sobre o incentivo de melhorias à crianças e adolescentes, Renata, frisou sobre sua atuação ao grupo infantil diante da prefeitura. “Pensar na criança e no adolescente é fundamental nas políticas de assistência da nossa cidade de Francisco Morato”, disse ela que acrescentou: “A criança precisa de instrumentos para identificar uma situação de abuso, o que ainda é um grande tabu. Precisamos mostrar e ensinar as crianças a denunciar situações de pedofilia e qualquer tipo de abuso”, completou.

Durante o encontro, as republicanas relembraram que se conheceram e admiraram o trabalho uma da outra, durante o II Seminário de Formação Política do Mulheres Republicanas, que aconteceu, em novembro de 2019, em Brasília. Renata, foi só elogios para a colega republicana de Búzios.

“Conheci o trabalho da Érica, em Brasília, durante o seminário e hoje a sigo em todas as suas redes sociais e admiro muito o trabalho e a bandeira que ela defende e levanta, que é o de proteção às nossas crianças”, disse. Já Erica declarou sua alegria em estar com a republicana na comemoração de um período tão importante. “Não teria outra pessoa melhor para uma live, no dia em que o ECA completa 30 anos. Além de mulher, prefeita, Renata ainda ganhou um prêmio tão importante como o da Abrinq”, ressaltou.

A Lei nº 8.069 (ECA) foi assinada em 1990 e estabeleceu direitos e deveres para meninos e meninas com menos de 18 anos. Três décadas após, o ECA permanece como referência na garantia de direitos, como educação, saúde, proteção integral.

Texto e foto: Gisele Rocha / Ascom – Mulheres Republicanas

Reportar Erro