Carlos Gomes explica o Projeto de Lei de Incentivo à Reciclagem

O deputado federal Carlos Gomes é autor do Projeto de Lei que visa fomentar a indústria da reciclagem no Brasil. O Projeto já passou pela Câmara

Publicado em 10/10/2019 - 00:00

Tablets, celulares, cabos e fios, computadores, tudo isso pode ser reciclado, gerando emprego e renda, e preservando o meio ambiente.

Incentivar a reciclagem no Brasil vai além da preservação ambiental e alcança a geração de emprego e renda no país. O deputado federal Carlos Gomes, do Republicanos Rio Grande do Sul, apresentou o Projeto de Lei 7535 de 2017, que fomenta a indústria da reciclagem no país. Para entender o projeto, conversamos com o parlamentar.
Deputado, o que motivou o senhor a apresentar esse projeto de lei aqui na Câmara que busca incentivar a reciclagem no Brasil?

A Lei de Incentivo à Reciclagem vai funcionar como funciona hoje a Lei de Incentivo à Cultura e também ao esporte. Em que uma pessoa, uma entidade, uma cooperativa, vai fazer um projeto de investimento no seu galpão com a aquisição de máquinas, tecnologia, treinamento, equipamentos e o ministério irá aprovar esse projeto e liberar para captação de recursos. E todas aquelas empresas que doarem para este fundo irão deduzir dos seus impostos de renda, tanto pessoa física quanto também jurídica.

“Tudo que nós descartamos, consideramos lixo, que na verdade é matéria-prima para produção e confecção de outros produtos, todo esse material hoje é possível transformar em outros produtos. Isso vai do seco ao orgânico. O orgânico é possível transformar gás, energia, o próprio adubo orgânico, ou seja, tem uma infinidade de produtos que podem fazer, a questão é querer fazer e deixar quem sabe fazer e colocar à disposição dessas pessoas condição, disposição de recursos, tanto através da Lei de Incentivo à Reciclagem como também, que acredito que o governo de abrir linha de financiamento especial para quem quer trabalhar com reciclagem no país”, explica o deputado federal Carlos Gomes.

Reportar Erro