Sancionada emenda do senador Mecias de Jesus que garante energia elétrica segura para Roraima

Proposta garante a construção do Linhão de Tucuruí, que liga o sistema de energia de Roraima ao restante do país

Publicado em 14/07/2021 - 13:16

Brasília (DF) – O presidente Jair Bolsonaro sancionou, na segunda-feira (12), a Lei (14.182/2021) que trata sobre a desestatização da Eletrobras. Dentre os pontos da nova lei está a emenda que garante a construção do Linhão de Tucuruí, que liga o sistema de energia de Roraima ao restante do país, de autoria do senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR).

O senador tem recebido muitos cumprimentos pela vitória alcançada em sua luta no Congresso Nacional, garantindo finalmente a integração de Roraima com o SIN. O representante roraimense disse que o início da construção está próximo. “Tendo em vista que, agora, encontra-se tudo oficializado e não há mais como retardar o processo. Finalmente teremos uma energia elétrica de qualidade”, disse Mecias.

O estado de Roraima produz a mais cara energia do país. Além de dispendiosa, pois gerada em usinas termelétricas, não oferece nível de segurança desejável, devido a limitação imposta na eficiência da conversão energética. Calcula-se que uma termelétrica que queima combustíveis fósseis alcance, no máximo, eficiência de geração de 45%. “Agradecemos o presidente da República, que reafirma o compromisso com o nosso estado de viabilizar a interligação de Roraima ao Sistema Interligado Nacional. Vamos conquistar, finalmente, a segurança energética que é fundamental para desenvolver o nosso estado”, destacou o senador Mecias Jesus.

O maior entrave para a integração do estado com o Sistema Interligado Nacional (SIN), na tentativa de construir Linhão que conduza a energia produzida em Tucuruí, reside na passagem pela terra do povo indígena Waimiri-Atroari. Ela se localiza entre o Sudeste roraimense e o Nordeste do estado do Amazonas.

Na emenda apresentada por Mecias de Jesus, transformada em lei, fica determinado que “uma vez concluído o Plano Básico Ambiental-Componente Indígena (PBA-CI), traduzido na língua originária e apresentado aos indígenas, fica a União autorizada a iniciar imediatamente as obras do Linhão de Tucuruí”.

O deputado federal Jhonatan de Jesus, juntamente com o senador Mecias vêm se movimentando por vários órgãos da administração federal, buscando agilizar procedimentos que permitam rápido desfecho para o problema. Agora, com a sanção da Lei, faltam poucos passos para alcançar o objetivo final dessa caminhada.

Texto: Ascom – senador Mecias de Jesus
Foto: Ascom – senador Mecias de Jesus

Reportar Erro
Send this to a friend