Mecias de Jesus faz balanço do primeiro semestre no Senado Federal

Responsável pela relatoria de 30 propostas, Mecias de Jesus apresentou mais de 15 propostas legislativas, entre projetos e requerimentos

Publicado em 30/07/2019 - 00:00

Brasília (DF) – No primeiro semestre de 2019, o senador Mecias de Jesus (PRB-RR) pautou seu mandato em solucionar a crise migratória que o estado enfrenta, que consequentemente tem atingido todas as áreas dos municípios do Estado de Roraima. Além de lutar pela regularização fundiária com a transferência definitiva das terras ainda em poder da União para Roraima, a vinda do Linhão de Tucuruí e também a melhoria dos serviços de educação, saúde e segurança pública no estado.

Responsável pela relatoria de 30 propostas, Mecias de Jesus apresentou mais de 15 propostas legislativas, entre projetos e requerimentos. Na busca por um mandato mais participativo, o senador tem visitado os municípios e recebido, em Brasília e Boa Vista, suas lideranças para que assim possa ajudar no desenvolvimento local. “Como representante de Roraima tenho o dever de lutar para colocar o estado no rumo do desenvolvimento. Busco junto ao governo federal medidas que possam ajudar a população roraimense”, destacou o senador.

Ao longo da sua atuação, Mecias de Jesus exigiu a necessidade do apoio da União para Roraima sair da atual crise que vem se agravando nos últimos tempos. Segundo o parlamentar, os imigrantes venezuelanos têm chegado sem amparo financeiro e isso tem influenciado o aumento de casos de violência no estado. O governo federal, na visão do senador, precisa intervir com recursos para o estado, e ajudar na segurança pública, colocando agentes federais no local, para que a paz seja assegurada nos municípios.

Pensando na saúde do país, Mecias protocolou o projeto de lei (PL 3709/2019) que destina 1% da arrecadação das modalidades lotéricas às Secretarias de Saúde dos estados e do Distrito Federal. Caso se torne lei, o estado de Roraima terá um aumento significativo nos recursos do sistema de saúde pública, serão cerca de R$ 5 milhões a mais para ser investido no atendimento oferecido pelos hospitais públicos. “Pensando no caos que vive a saúde pública em todo o Brasil e tentando dar mais condições aos atendimentos para o nosso povo, sobretudo para meu estado que vive uma profunda crise, apresentei o projeto com a esperança de melhorar a atual situação”, disse.

O senador apresentou também o projeto de lei (PL 3973/2019) que permite a emissão da Permissão para Dirigir a partir dos 16 anos de idade. “Em todo o Brasil conhecemos casos de menores dirigindo sem qualquer capacitação técnica e conhecimento da legislação de trânsito”, destacou.

Visando a população sobre seus direitos na sociedade, o senador tem entregado Constituições no estado de Roraima. Outra iniciativa do parlamentar é destinar as escolas públicas a Constituição em Miúdos, de fácil leitura para os estudantes, além do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Atualmente o senador é presidente da Comissão Senado do Futuro, titular em três Comissões, sendo elas de Assuntos Econômicos (CAE), de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE). Suplente na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), Subcomissão Temporária sobre a Venezuela (CRESTV) e titular na Frente Parlamentar dos Senadores dos Estados do Norte e do Nordeste (FPSENN).

Texto: Ascom – senador Mecias de Jesus
Foto: Marcos Oliveira

Reportar Erro