Silvio Costa Filho aposta na autonomia do Banco Central para combater inflação

Republicano é o relator da proposta que será votada no Plenário da Câmara dos Deputados até quarta (10)

Publicado em 08/02/2021 - 21:31

Brasília (DF) – O deputado federal republicano Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), relator da proposta que dará autonomia ao Banco Central, reuniu-se com o presidente da Câmara, Arthur Lira, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, na Presidência da Câmara, na noite desta segunda (8). O objetivo do encontro foi sinalizar o esforço conjunto para votar a matéria até a próxima quarta (10).

Silvio Costa Filho destacou que a proposta representa uma sinalização muito importante ao mercado internacional, que enxerga o Brasil como uma janela de oportunidades para investir. “O país vai iniciar um novo padrão de crescimento. Como bem disse o Roberto Campos, uma oportunidade para investir em portos, rodovias, aeroportos e o Brasil atingir um novo patamar de crescimento”, afirmou.

Na avaliação do ministro da Economia, Paulo Guedes, o projeto será decisivo para assegurar o equilíbrio dos preços. “A autonomia do Banco Central vai garantir, inclusive nesse momento de pandemia, que aumentos setoriais e temporários, como o de supermercados e materiais de construção, não se transformem em aumentos permanentes e generalizados”, explicou.

O republicano Silvio Costa Filho lembrou que o controle da inflação é imprescindível para aumentar o poder de compra do cidadão. “Quando milhões de brasileiros receberam os seus auxílios emergenciais, perceberam imediatamente um aumento de preços de itens básicos de consumo. É precisamente em defesa dos cidadãos mais pobres que uma política severa de combate à inflação se faz necessária. Nesse sentido, um banco central autônomo é seguramente mais eficiente”, afirmou

O presidente da Câmara, deputado Arthur Lira, encerrou a coletiva elogiando a união dos poderes para dar celeridade ao plano de autonomia ao BC, que está na Casa há mais de 27 anos. “Estamos tratando a pauta com naturalidade, enquanto os governos anteriores sempre impediram que essa matéria não fosse debatida no legislativo”. O deputado afirmou que o projeto entrará na pauta de discussões do dia de amanhã (9).

Também participaram da reunião e depois da entrevista coletiva, o ministro-chefe da Secretaria de Governo do presidente, Luiz Eduardo Ramos, e o vice-líder do governo, deputado Evair de Melo (PP-ES).

Texto: Mônica Donato / Ascom – Liderança do Republicanos
Fotos: Douglas Gomes

Reportar Erro
Send this to a friend