Sessão solene na Câmara homenageia Patriarca da Independência

Sessão solene homenageou o Patriarca da Independência, José Bonifácio de Andrada e Silva

Publicado em 14/06/2019 - 00:00

Brasília (DF) – A Câmara dos Deputados homenageou, nesta quinta-feira (13), o Patriarca da Independência, José Bonifácio de Andrada e Silva, em sessão solene no Plenário Ulysses Guimarães.

A homenagem se refere aos 200 anos do retorno do estadista ao Brasil, após uma ausência de quase quarenta anos do país. Seu retorno à pátria marca o início de um momento decisivo para a Independência do Brasil, que se concretizou por meio do amadurecimento de uma firme política norteada pela estadista, rumo à plena liberdade do país.

Sessão Solene na Câmara homenageia Patriarca da Independência

A solenidade faz parte de uma série de atividades promovidas pela Casa para lembrar os 200 anos da Independência do Brasil (1822-2022) e fatos importantes que antecederam a data. Na ocasião, foi lançado o livro ‘José Bonifácio de Andrada: Patriarca da Nacionalidade”, da Edições Câmara, com o objetivo de se dar visibilidade e publicidade a fatos notórios da história nacional. A cerimônia também marcou a obliteração de selo e carimbo dos Correios alusivos ao Patriarca e aos 200 anos da Independência.

O deputado federal Lafayette de Andrada (PRB-MG), descendente de José Bonifácio e representante da família Andrada nessa legislatura no parlamento, enfatizou a grandeza histórica do Patriarca. “José Bonifácio era realmente um homem que pensava o Brasil. Ele tinha ideias que realmente poderiam fazer o Brasil se tornar um grande país. Nesse processo de pensamento de Brasil, ele é o patrono do meio ambiente, com vários escritos já naquela época alertando quanto ao desmatamento, ele já pensava na extinção da escravidão, ele já propunha uma aposentadoria para os escravos e o fim do tráfico negreiro. Ele idealizou uma capital no centro do Brasil e sugeriu o nome de Brasília. Era um homem que realmente pensava o futuro”, disse. A cerimônia contou com autoridades, parlamentares, historiadores e também representantes da família Andrada.

Texto: Ascom – deputado federal Lafayette de Andrada
Fotos: Douglas Gomes

Reportar Erro