Segurança nas fronteiras e relações internacionais são bandeiras de Aroldo Martins

Deputado participou de bate-papo promovido pela Agência PRB Nacional na página do partido no Facebook

Publicado em 10/04/2019 - 00:00

Brasília (DF) – O deputado federal Aroldo Martins (PRB-PR), participou, nesta quarta-feira (10), de live promovida pela Agência PRB Nacional na página do PRB no Facebook. O republicano destacou os desafios do primeiro mandato e as bandeiras de atuação que passa pela segurança nas fronteiras, relações internacionais, defesa dos direitos dos idosos, reciclagem, educação, saúde e tecnologia.

Na Câmara, Martins é membro titular em três comissões: Direitos Humanos e Minorias; Relações Exteriores e de Defesa Nacional; e Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural.

“Chego à Câmara com uma experiência de ter vivido 25 anos em outros países e conhecer várias culturas. Infelizmente, no Brasil não são implementadas ações com a mesma rapidez que outras nações. Nas comissões terei a oportunidade de expor opiniões, e acredito que experiência e bons exemplos devem ser seguidos. Me sinto útil, pois busco fazer aquilo que vai ao encontro, principalmente ao tipo de eleitor e ao tipo de pessoa que me identifico, que são os menos favorecidos. Temos o feeling de que as pessoas que são menos representadas são as que menos conseguem falar e as que mais precisam ser ouvidas, ou seja, a grande maioria da população brasileira”, disse.

Atuação parlamentar

Além das bandeiras sociais, o parlamentar do PRB tem tido uma atuação intensa para ampliar a segurança nas fronteiras e o combate ao contrabando e à imigração ilegal. Aroldo Martins, pela experiência de ter morado em dez países, defende uma relação ampla do Brasil com outras nações nas áreas de educação, saúde e tecnologia. Como membro da Frente Parlamentar da Saúde, o republicano defende a implementação mais rigorosa da tabela do Sistema Único da Saúde (SUS) para atender melhor a população menos favorecida.

Envelhecimento Sustentável e Agricultura Familiar

O deputado do PRB lançará em breve a Frente Parlamentar do Envelhecimento Saudável. “Essa frente tem levantado muito interesse. Recebemos o apoio da Embaixada e do Consulado do Japão. Sabemos que os japoneses são craques em relação a isso, eles trabalham com essa temática do envelhecimento saudável”, disse. Segundo ele, em 2050, no Brasil em cada dez habitantes, quatro terão 60 anos ou mais. “40% da população brasileira será idosa em 30 anos. A taxa de natalidade tem caído e o envelhecimento tem retardado devido ao fato da expectativa de vida. Precisamos trabalhar em cima de um envelhecimento saudável e digno”, explicou.

O republicano também propôs a realização de uma audiência pública para debater os desafios da agricultura familiar frente à aposentadoria rural e os programas de incentivo direcionados aos agricultores familiares e aos empreendimentos familiares rurais.

Texto: Agência PRB Nacional
Foto: Daniel Santos

Reportar Erro