Roma debate melhorias nas relações trabalhistas com representantes de aplicativo de delivery

Encontro ocorreu após audiência pública realizada pela Comissão Especial de Incentivos à Criação de Startups, presidida por Roma, para debater aspectos trabalhistas

Publicado em 11/03/2020 - 00:00

Brasília (DF) – O deputado federal João Roma (Republicanos-BA) reuniu-se, nesta terça-feira (10), com representantes do Ifood para discutir melhorias nas relações trabalhistas dos prestadores de serviço da empresa. O encontro ocorreu após audiência pública realizada pela Comissão Especial de Incentivos à Criação de Startups, presidida por Roma, para debater aspectos trabalhistas.

Na reunião, o republicano ouviu dos representantes do aplicativo de delivery considerações sobre as relações trabalhistas neste tipo de empresa. “Representamos o nosso parlamento na busca por soluções importantes para garantir mais fluidez e melhores condições de trabalho para os associados de empresas desta natureza. Precisamos avançar em pautas relevantes que têm impacto positivo direto na vida de quem mais precisa e que dá duro para levar o sustento para dentro de casa”, afirmou o deputado.

Recentemente, o Ifood foi alvo de um imbróglio judicial. O Ministério Público do Trabalho (MPT) de São Paulo ingressou com uma ação civil pública contra a instituição solicitando o reconhecimento de vínculo empregatício de entregadores do iFood e da Rapiddo, empresa do mesmo grupo. A Justiça Trabalhista de São Paulo julgou improcedente o pedido do MPT e considerou que esses trabalhadores são autônomos.

A audiência pública promovida pela comissão teve por tema os “aspectos trabalhistas e relações de colaboração: medidas regulatórias para novas relações de trabalho e colaboração”. Na quarta-feira (11), o colegiado promoveu outro encontro com o mesmo tema e com a participação de representantes do Ifood. “Com a pauta aberta para participação popular, seguimos avançando no tema para construir uma legislação com a segurança jurídica necessária para atender as demandas da nossa sociedade”, destacou Roma.

Texto e foto: Ascom – deputado federal João Roma

Reportar Erro