Republicanos promove treinamento de boas práticas no Facebook e Instagram

Evento abordou padrão de comunidades, anúncios e conteúdo sensíveis que podem causar bloqueios e banimentos dos perfis nas plataformas

Publicado em 19/05/2022 - 19:43

Brasília (DF) – Nesta quinta-feira (19), a Liderança do Republicanos na Câmara promoveu um workshop ministrado pela Meta para partidos políticos. O evento aconteceu no auditório Freitas Nobre, da Câmara dos Deputados, e foi transmitido pelo Zoom para todo Brasil. O primeiro curso presencial da empresa após a pandemia contou com a participação das palestrantes Amanda Cardoso e Lilian Estevanato.

Para a jornalista Mônica Donato, coordenadora da Comunicação da Liderança do Republicanos, o partido sai na frente ao capacitar seus assessores de imprensa. “Essas plataformas estão sendo constantemente atualizadas e nós, profissionais da área, precisamos acompanhar essas inovações para saber melhor posicionar os parlamentares que assessoramos. Foi uma tarde de muito aprendizado”, disse.

Diretrizes, segurança, engajamento e interação foram alguns dos temas abordados. Além de novas ferramentas como a “collab” que permite a colaboração entre dois perfis. Amanda Cardoso observou, ainda, que políticos, candidatos e grupos de defesa social têm acesso ao suporte técnico. “Essa é uma forma rápida e personalizada de resolver os problemas com a plataforma”. Segundo ela, os recursos “podem melhorar o engajamento com eleitores e construir uma comunidade virtual”.

Impulsionamento foi o tema da palestra de Lilian Estevanato, que expôs exemplos de como produzir conteúdo para aumentar o engajamento com base no modelo do “funil de marketing”. A metodologia consiste em pilares, “reconhecimento, consideração, compromisso e ação”, que vai desde o momento em que seguidor conhece o produto até o momento em que ele compra o produto. Este cenário se repete na política quando o seguidor acompanha os seus representantes.

Saiba mais

Após dois anos de isolamento social necessários para combater a contaminação pela Covid-19, o uso da internet e das redes sociais aumentou em 40%, segundo a Kantar, empresa de pesquisa e análise de dados. Só em 2020, o setor de Tecnologia da Informação (TI) no Brasil, que engloba os mercados de software, serviços, hardware e as exportações do segmento, cresceu 22,9% e investiu cerca de R$ 200,3 bilhões.

Texto: Fernanda Cunha, com edição de Mônica Donato / Ascom – Liderança do Republicanos
Fotos: Douglas Gomes

Reportar Erro
Send this to a friend