Quem Ama Cuida realiza ação de conscientização ambiental em Belém

Quem Ama Cuida realiza ação de conscientização ambiental em Belém

Projeto idealizado pelo deputado Vavá Martins promoveu ação de conscientização sobre sustentabilidade em grandes eventos na capital paraense

Publicado em 15/10/2019 - 00:00

Belém (PA) – Um evento que reúne mais de 2 milhões de pessoas, uma das maiores manifestações católicas do mundo, o Círio também acumula em um final de semana mais de uma tonelada de resíduos e o projeto “Quem Ama Cuida”, criado pelo deputado federal Vavá Martins (Republicanos-PA), tem inovado a cada dia mais e desta vez se uniu ao instituto Manguezal e Solvi, junto das cooperativas de catadores para coletar os recicláveis e dar a destinação correta aos resíduos gerados em Belém.

O projeto círio sustentável teve duas frentes principais, a primeira voltada para a capacitação dos catadores, onde mais de 20 deles participaram de uma oficina conduzida pelo laboratório da cidade, na Universidade Rural da Amazônia (Ufra), para aprenderem a produzir ecoestações de coleta seletiva com pallets que foram doados e distribuídos nas 14 estações ao longo dos 3,7 km de percurso das procissões.

Para Vavá Martins, a iniciativa agrega à preocupação com o meio ambiente emprego e renda. “É fundamental fazer parte desse momento importante, onde a população passa a entender o papel fundamental que as cooperativas têm em nossa sociedade e devemos valorizar se trabalho que contribui com o crescimento econômico e também agrega cuidados fundamentais ao meio ambiente”, disse o parlamentar.

As ecoestações foram distribuídas a cada 500m, o projeto Quem Ama Cuida esteve presente em 4 pontos, onde paraenses e visitantes puderam aprender mais sobre a coleta seletiva e o papel das cooperativas locais.

Para Ádria, que é membro do Instituto Solvi, parceiros são fundamentais. “ Entendemos que contar com parceiros que já conhecem a cultura local é muito importante e o Quem Ama Cuida veio para agregar ainda mais ao projeto e a nossa ideia é expandir mais pontos no ano que vem”, afirmou.

Para a representante da Associação dos Recicladores de Águas Lindas, Sara Reis, o projeto vai ampliar o conhecimento sobre as oportunidades de reaproveitamento. “ Estamos muito felizes com essas estações e será um grande aprendizado e a cada ano é uma nova experiência”, relatou.

Texto e foto: Ascom – deputado federal Vavá Martins 
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro