Capitão Alberto Neto quer transformar o entorno dos presídios em áreas de segurança

Pelo projeto, essas áreas abrangerão 250 metros a contar dos limites da penitenciária

Publicado em 02/06/2021 - 11:00

Brasília (DF) – O Projeto de Lei 1292/21 transforma o espaço aéreo e terrestre dos complexos penitenciários e unidades prisionais em áreas de segurança, definidas no texto como aquelas que exigem permanentemente maior controle do Estado e ações para a segurança das pessoas e preservação da ordem pública.

Deputado Capitão Alberto Neto/Foto: Douglas Gomes

A proposta em análise na Câmara dos Deputados prevê, no entorno de até 250 metros, restrição do sobrevoo de aeronaves; adequação ou até interrupção do uso de celulares; e procedimentos, dentro dos limites legais, para controle da ocupação do solo e das atividades de residentes, frequentadores e empresas.

“A atividade de segurança penitenciária deve operar intramuros e extramuros”, argumentam os autores, deputados Gurgel (RJ) e Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM), no documento que acompanha o projeto.

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara de Notícias
Foto destaque: Divulgação/Governo de São Paulo

Reportar Erro
Send this to a friend