Projeto determina recursos para pesquisa e produção de vacinas 

O objetivo, segundo Benes Leocádio, é garantir que o Brasil possua mecanismo para atuar no combate aos surtos epidêmicos

Publicado em 09/06/2021 - 08:00

Brasília (DF) – O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos-RN) apresentou o Projeto de Lei nº 1907/21, que determina que pelo menos 20% dos recursos de fomento à pesquisa em saúde sejam destinados à pesquisa e desenvolvimento de vacinas. O objetivo da proposta é garantir que o Brasil possua mecanismo para atuar no combate aos surtos epidêmicos.

“A pandemia de Covid-19 expôs, de modo bastante claro, a importância da imunização contra doenças contagiosas. As consequências de o Brasil não possuir infraestrutura de vanguarda para o desenvolvimento de vacinas e medicamentos foram nefastas. Os danos econômicos e sociais são inestimáveis ainda. Por este motivo, o país precisa desenvolver iniciativas direcionadas à formação de uma estrutura capaz de pesquisar e fabricar, com rapidez, imunizantes e outros medicamentos em território nacional, de modo a reduzir progressivamente a dependência do país dos países estrangeiras”, destacou o deputado.

Ainda, de acordo com o parlamentar, é essencial o acréscimo de recursos adicionais, não apenas os do Programa de Fomento à Pesquisa em Saúde, mas outros que possibilitem a melhoria da produção científica brasileira e que gere inovação aplicável nos laboratórios. “Com o tempo, a dependência de importação de produtos acabados e de insumos, como os ingredientes farmacêuticos ativos, diminuirá, o que irá contribuir para que o Brasil consiga dar uma resposta mais tempestiva aos desafios representados por agentes infecciosos”, finalizou o republicano.

Texto: Ascom – deputado federal Benes Leocádio
Foto: Douglas Gomes / Ascom – Liderança do Republicanos

Reportar Erro
Send this to a friend