Principais aliadas do SUS no combate à Covid-19, Santas Casas receberão R$ 2 bi

Durante sessão virtual, o deputado Lafayette de Andrada chamou a atenção para as dificuldades financeiras enfrentadas pelas Santas Casas

Publicado em 13/04/2020 - 00:00

Brasília (DF) – Nesta quinta-feira (9), em sessão virtual da Câmara dos Deputados, foi aprovada mais uma proposta para o combate ao coronavírus no Brasil. Trata-se da transferência de R$ 2 bilhões da União para Santas Casas e hospitais filantrópicos que participam de forma complementar ao Sistema Único de Saúde (SUS). Representando toda a bancada republicana, o deputado federal Lafayette de Andrada (Republicanos-MG) votou favoravelmente ao Projeto 1006/2020, que segue para sanção presidencial.

“Estamos vendo o avanço da epidemia e temos que dar condições para que as Santas Casas e hospitais filantrópicos trabalhem”, argumentou o republicano. Ele ainda chamou atenção para as dificuldades financeiras que essas instituições enfrentam. “Todos sabemos que as Santas Casas trabalham sempre no vermelho. Infelizmente, os valores repassados pelo SUS são sempre abaixo dos custos, o que faz com que as dívidas aumentem todo mês. Mesmo assim, os profissionais se esforçam bastante para fazer o melhor atendimento possível”.

Após a publicação da Lei, o valor aprovado será distribuído no prazo de 15 dias.

Saiba mais – Santas Casas

A primeira Santa Casa no Brasil foi fundada pouco depois do descobrimento do país, em Santos (SP), no ano de 1543. As Santas Casas foram as responsáveis pela criação de alguns dos primeiros cursos de Medicina e Enfermagem brasileiros, como foi o caso das fundadas na Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Rio Grande do Sul.

Texto: Fernanda Cunha / Ascom – Liderança do Republicanos

Reportar Erro