Organizadores de eventos deverão gerenciar descarte de resíduos sólidos

Projeto apresentado pelo deputado Vavá Martins (PRB-PA) obriga realizadores de grandes eventos a elaborar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos

Publicado em 05/06/2019 - 00:00

Brasília (DF) – Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei nº 3153/2019, de autoria do deputado federal Vavá Martins (PRB-PA), que obriga realizadores de grandes eventos a elaborar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. A norma altera a Lei º 12.305/2010, que Instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

O deputado do PRB explicou que a iniciativa englobará eventos esportivos, culturais e de negócios. O objetivo é reduzir o volume de resíduos produzidos durante grandes eventos, favorecendo a cadeia da reciclagem e diminuindo as despesas do serviço público de limpeza. “É fundamental pensarmos nessas questões. No Brasil, enterramos dinheiro ao destinarmos aos lixões os resíduos que poderiam ser reciclados, além de causar grandes prejuízos ao meio ambiente e a saúde da população. Isso precisa acabar”, disse o parlamentar.

Vavá Martins alertou que o Brasil é o quarto país que mais produz lixo no mundo e frisou a importância das empresas se conscientizarem sobre o assunto. O parlamentar citou como exemplo a ser seguido o festival de música Lollapalooza, realizado em São Paulo, onde os organizadores do evento entregam toneladas de lixo para a reciclagem. “Isso é um verdadeiro trabalho de conscientização e de valorização do espaço social, que pode transformar a sociedade positivamente”.

Texto: Natália Matos / Ascom – deputado federal Vavá Martins
Foto: Cedida

Reportar Erro