Maria Rosas recebe homenagem pelo trabalho realizado em prol do empreendedorismo feminino

Republicana foi homenageada pelo Instituto “Elos Que Empoderam”

Publicado em 02/12/2021 - 15:56

Brasília (DF) –  A deputada federal Maria Rosas (Republicanos-SP) recebeu menção honrosa do Instituto “Elos Que Empoderam”, que promove condições acessíveis às mulheres vítimas de violência doméstica para o empreendedorismo.

A homenagem foi em reconhecimento ao trabalho realizado pela parlamentar em prol da expansão empresarial feminina. Na Câmara dos Deputados, a republicana é coautora do Projeto de Lei 2589/2021, que institui o Programa Crédito da Mulher no âmbito das instituições financeiras oficiais federais e dispõe sobre medidas para o fomento ao empreendedorismo de mulheres por meio do crédito.

“As políticas públicas são essenciais para melhorar a inserção produtiva e, por isso, é necessário haver programas específicos e planejamento sério para a inclusão no mercado de crédito, especialmente para mulheres que se dedicam aos pequenos negócios. Além disso, devem ser postos à disposição mecanismos adequados para que ocorra capacitação nas atividades comerciais”, completou.

Para a deputada, que também é procuradora-adjunta da Procuradoria da Mulher, amparar as vítimas de violência doméstica é uma forma de promover autonomia econômica. “Somente assim é possível sair do ciclo de dependência afetiva e financeira, para que elas possam gerir suas próprias vidas. E foi pensando nestas mulheres que encaminhei emenda impositiva de R$ 450 mil para o projeto ‘proteção à vida, fortalecimento da família, promoção e defesa dos direitos humanos’ – para duas casas de apoio em Guarulhos/SP: Casas e Espaços Clara Maria e Casa das Rosas, Margaridas e Beths”, onde 360 mulheres serão capacitadas para o mercado de trabalho, explicou.

Saiba mais

O Instituto Elos Que Empoderam é uma Organização da Sociedade Civil (OSC), que nasceu como um projeto social em 2013, idealizado por Flávia Mellysse com ajuda de um grupo de empresários e profissionais liberais, nas comunidades carentes de São Paulo. A instituição tem como pilares a educação, saúde, cultura, humanização e desenvolvimento econômico e assiste mais de 9.500 mil famílias cadastradas.

Texto e foto: Ascom – deputada federal Maria Rosas

Reportar Erro
Send this to a friend