Maria Rosas propõe audiências para debater educação na pandemia

“A educação é um direito e é dever do Estado criar condições para que essa garantia seja exercida”, lembra a republicana

Publicado em 08/04/2021 - 15:32

Brasília (DF) – A deputada federal Maria Rosas (Republicanos – SP) apresentou, como coautora, à Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, requerimentos para debater, em audiências públicas, a situação da educação no período de pandemia. As solicitações foram aprovadas encaminhadas para agendamento.

Deputada Maria Rosas/Foto: Douglas Gomes

Trata-se do Requerimento 43/2021, que trata da vacinação urgente e prioritária dos profissionais da educação e estudantes da rede pública para garantir o retorno seguro das aulas no Brasil, do Requerimento 45/2021, para discutir o Sistema de Avaliação da Educação Básica e do Requerimento 48/2021, para debater a ‘Educação e a Desigualdade na Pandemia’.

“Do ensino básico ao superior, a amplitude da Covid-19 trouxe consequências educacionais, entre elas, o reforço da desigualdade. Tivemos aumento no número de evasão e abandono escolar, aumento de violência e marginalidade entre crianças e jovens, perda de qualidade do ensino, comprometendo o rendimento dos alunos mais carentes”’, justifica a parlamentar.

Segundo o Censo Escolar, o Brasil tem quase 39 milhões de crianças e adolescentes matriculados na rede pública de educação básica. Na rede privada, estima-se que haja pouco mais de nove milhões de estudantes.

“A educação é um direito e é dever do Estado criar condições para que essa garantia seja exercida. Por isso, é importante debater para que possamos encontrar soluções”, concluiu.

Texto: Ascom – deputada federal maria Rosas
Foto destaque: Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

Reportar Erro
Send this to a friend