Maria Rosas debate modelo de cidades inteligentes e sustentáveis

Deputada participou do lançamento do livro ‘Cidades Inteligentes: uma Abordagem Humana e Sustentável’, na Câmara dos Deputados

Publicado em 11/03/2021 - 11:49

Brasília (DF) – A deputada Maria Rosas (Republicanos-SP) participou, na quarta-feira (10), do lançamento da publicação ‘Cidades Inteligentes: uma Abordagem Humana e Sustentável’, do Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara dos Deputados (CEDES), no qual a republicana é titular.

O estudo apresenta a concepção de que cidade inteligente não é aquela que simplesmente usa a tecnologia no meio urbano, mas a que investe em capital humano e social, em desenvolvimento econômico sustentável, em inovação e empreendedorismo e no uso de tecnologias disponíveis para aprimorar e interconectar os serviços e a infraestrutura das cidades.

‘As cidades inteligentes têm como foco oferecer para a sociedade mais qualidade para se viver. As pessoas interagem em um cenário onde a energia, os materiais, os serviços e o financiamento são utilizados de forma sustentável e, como consequência, aumentando o desenvolvimento econômico’, disse a deputada.

Entre alguns pontos abordados pela publicação, estão as novas formas de governança para as cidades inteligentes que incorporem tecnologia e participação cidadã, que proporciona espaço de cocriação entre a sociedade, o setor privado e os Governos. Também se discute a infraestrutura necessária para interconectar redes, equipamentos e sensores necessários para promover a melhoria dos serviços.

“Os termos sustentabilidade e cidades inteligentes interligam fatores como eficiência energética e manejo de resíduos junto ao envolvimento das pessoas – estas, participativas no processo de desenvolvimento dentro das comunidades. As soluções urbanas devem estar em harmonia com o meio ambiente e considerar inclusão, integração, produtividade e qualidade de vida”, conclui Maria Rosas.

Saiba mais

A partir desta publicação, o CEDES gerou uma série de proposições legislativas para contribuir com a promoção do desenvolvimento nacional, como a Política Nacional de Cidades Inteligentes, que oferece diretrizes e incentivo para a implantação de Planos de Cidades Inteligentes nos municípios brasileiros. Outras iniciativas são de apoio, ações de acompanhamento ou fiscalização e indicações ao Poder Executivo.

O CEDES é o órgão técnico-legislativo é composto por 23 parlamentares que conduzem análises e estudos estratégicos para o Brasil.

Texto: Ascom – deputada federal Maria Rosas

 

Reportar Erro
Send this to a friend