Marcos Pereira promove Sessão Solene em homenagem aos 74 anos de Israel

“Ressalto a nossa deferência, respeito, apreço e simpatia ao Estado de Israel”

Publicado em 25/05/2022 - 16:24

Brasília (DF), quarta-feira (25) – Com a presença do embaixador de Israel no Brasil, Daniel Zohar Zonshine, do presidente da Confederação Israelita do Brasil, Cláudio Lottenberg, e da cantora israelense Regina Karlik, a Câmara dos Deputados realizou Sessão Solene em Homenagem ao 74º Aniversário de Criação do Estado de Israel.

O evento requerido pelo deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP), presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil-Israel e presidente Nacional do partido, foi prestigiado pela bancada republicana, parlamentares de várias legendas e centenas de convidados.

“Em nome do Republicanos, dos 43 deputados federais e do senador Mecias de Jesus, ressalto a nossa deferência, respeito, apreço e simpatia ao Estado de Israel”, disse o parlamentar. Em seu discurso, Pereira compartilhou a experiência de visitar o país na condição de ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, cargo que exerceu entre 2016 e 2018. “Como agente do governo brasileiro, pude ver Israel por outro ângulo, na visão de um Estado progressista e extremamente avançado em tecnologia e ciência”, afirmou.

Hoje, o país é um dos maiores expoentes em empreendedorismo do mundo, referência em tecnologia, agricultura, pesquisa e geração de novos negócios. Para Marcos Pereira, esse destaque se deve ao fato de Israel ser a nação que mais investe, percentualmente, parte do PIB (Produto Interno Bruto) em pesquisa e desenvolvimento.

Na avaliação da deputada Maria Rosas (Republicanos-SP), primeira Secretária do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil-Israel, Israel é exemplo de superação e união. Ela citou o Holocausto, que matou mais de seis milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial. “Não sabemos de outro povo que se manteve unido (preservando fielmente seus costumes, crenças e tradições) e que, após seguidas dispersões, se tornou uma das mais poderosas nações da Terra”.

O embaixador de Israel no Brasil, Daniel Zohar Zonshine, falou sobre a afinidade entre brasileiros e israelenses, destacando as características que firmam as boas relações entre os países, como o anseio por democracia, liberdade de expressão e direitos humanos.

“São relações baseadas na amizade, valores comuns e interesses mútuos. Nossos Estados são diferentes no tamanho, na língua e no fator humano, mas são feitos da diversidade, com pessoas de diferentes origens, que montam um mosaico humano, que pode ser visto nesta Casa, assim como no parlamento israelense”, observou.

A contribuição do diplomata brasileiro Oswaldo Aranha para a criação do Estado de Israel foi enfatizada pelo presidente da Confederação Israelita do Brasil, Cláudio Lottenberg. “Existe um vínculo histórico entre Brasil e Israel, tendo o primeiro assumido forte protagonismo na criação do segundo, na Assembleia Geral das Nações Unidas, presidida pelo saudoso Oswaldo Aranha”, afirmou.

A história do povo israelense também foi ressaltada pelo republicano Aroldo Martins (Republicanos-PR), que morou em Israel e é descendente de judeus serfaditas. Ele argumentou que a terra de Israel é o local de origem do povo judeu, onde é moldada, sua identidade espiritual, política e religiosa.

“Sobreviventes do Holocausto nazista na Europa, assim como judeus do resto do mundo, continuaram a migrar depois da formação do Estado de Israel. Apesar das dificuldades, restrições e perigos, nunca deixaram de assegurar o seu o direito a uma vida digna de liberdade e trabalho honesto em seu lar nacional”, finalizou.

Texto: Fernanda Cunha, com edição de Mônica Donato / Ascom – Liderança do Republicanos
Fotos: Douglas Gomes

Reportar Erro
Send this to a friend