Márcio Marinho denuncia empresa de consórcio ao MP Bahia

Deputado apresentou as denúncias à coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Consumidor (Ceacon), Márcia Câncio

Publicado em 05/09/2019 - 00:00

Salvador (BA) – Depois de receber inúmeras denúncias de consumidores que alegam terem sido enganados por falsa promessa de contemplação da empresa Multimarcas Consórcio, o deputado federal Márcio Marinho (Republicanos-BA) levou o caso ao Ministério Público da Bahia.

O republicano apresentou à coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Consumidor (Ceacon), Márcia Câncio, dezenas de casos de consumidores que relataram terem sido assegurados pela empresa, no ato da venda do consórcio, que seriam contemplados na assembleia seguinte à assinatura do contrato, fato que não ocorreu. “Foram alguns meses recebendo denúncias por meio das minhas redes sociais, whatsapp, e-mail e até mesmo pessoalmente. Como defensor dos consumidores, me senti na obrigação de trazer até o órgão competente o assunto para que as medidas cabíveis sejam tomadas”, explicou Márinho.

O deputado relatou que já havia entrado em contato com a instituição para tratar do assunto, mas a empresa alegou que segue os padrões de qualidade feitos pelo administrativo, sendo um físico, no ato da venda na representação autorizada, e outro via ligação gravada, direto da matriz, em Belo Horizonte, dirimindo nesse processo, segundo eles, toda e qualquer dúvida do cliente.

“Eles se utilizam do sonho da pessoa de ter a sua casa própria, seu carro e acabam iludindo o consumidor, parte mais fraca da relação de consumo, que acredita na promessa de crédito fácil e sem burocracia anunciado pela empresa e só percebe que foi vítima ao não receber o crédito de acordo com o que foi prometido”, lamentou.

O Ministério Público, por meio da promotora de Justiça, Joseane Suzart, já entrou com ação para a reparação aos consumidores lesados.

Texto: Ascom – deputado federal Márcio Marinho
Foto: Camila Novaes

Reportar Erro