Lafayette de Andrada declara apoio à “Lei Anticrime” do ministro Sérgio Moro

Em plenário, o parlamentar manifestou sua concordância com o “Pacote Anticrime” e sugeriu aperfeiçoamentos

Publicado em 01/03/2019 - 00:00

Brasília (DF) – O deputado federal Lafayette de Andrada (PRB-MG) se posicionou favoravelmente ao “Pacote Anticrime” apresentado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, em sessão plenária na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Contemplando um maior rigor no texto legal contra a violência, a “Lei Anticrime” de Sérgio Moro foca três grandes eixos de atuação: combate aos crimes violentos, à corrupção e ao crime organizado. O projeto foi entregue à Câmara dos Deputados e será analisado pelos parlamentares.

Lafayette de Andrada chamou atenção para os crimes violentos no que diz respeito àquele agente contumaz que constantemente é flagrado cometendo crimes. Como ex-secretário de Estado de Defesa Social e conhecendo os entraves da segurança pública, o deputado sugere que para os criminosos habituais seja possibilitada a prisão preventiva, para que desta forma haja a interrupção no cometimento de ações criminosas.

Para o deputado, a grande reclamação da sociedade é a recorrência dos crimes pelos mesmos agentes. “Aqueles que cometem crimes violentos são presos pela polícia e logo depois são soltos, cometendo novamente violência contra o cidadão. Portanto, parabenizo o pacote anticrime do ministro Moro e sugiro que se analise a possibilidade de prisão preventiva para criminosos habituais”, disse o republicano.

Texto: Ascom – deputado federal Lafayette de Andrada
Foto: Douglas Gomes

Reportar Erro