Julio Cesar Ribeiro quer proibir a utilização de gênero neutro na língua portuguesa

O objetivo é fortalecer o padrão da norma culta do português

Publicado em 09/12/2020 - 13:00

Brasília (DF) – O deputado federal Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF) apresentou o Projeto de Lei nº 5422/2020, que proíbe a utilização de gênero neutro na língua portuguesa. O objetivo é fortalecer o padrão da norma culta do português.

O parlamentar defende que não se trata de uma proposta que possa ferir os movimentos existentes, mas sim de evitar o comprometimento do ensino nas escolas e a desconstrução da linguagem.

“É importante deixar claro que a substituição do gênero masculino e feminino por gênero neutro não é algo que funcionaria perfeitamente na língua portuguesa, pois não vem ao encontro das necessidades dos movimentos que tentam emplacar essa modificação”, declara.

A possibilidade da utilização do gênero neutro surgiu com o intuito de incluir pessoas trans, não binarias, intersexo e as que não se identificam com os gêneros masculino e feminino, para fins de aprendizagem e alfabetização. “Considero que em nenhum momento a modificação da língua portuguesa poderá beneficiar ou minorar os preconceitos existentes. O que precisamos é fortalecer o padrão da norma culta do português, como se tem feito desde a sua fundação”, defende.

Texto: Isabella Picarelli / Ascom – deputado federal Julio Cesar Ribeiro
Foto: Douglas Gomes / Ascom – Liderança do Republicanos

Reportar Erro
Send this to a friend