Em seminário, Ossesio Silva analisa desafios e perspectivas do envelhecimento

Debate foi proposto pelo republicano e promovido pela Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara

Publicado em 04/11/2021 - 13:30

Brasília (DF) – O deputado federal Ossesio Silva (Republicanos-PE), vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa na Câmara dos Deputados, conduziu o seminário: “As Perspectiva e Desafios do Envelhecimento” em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa Idosa e os cinco anos de criação da Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa.

O seminário foi proposto por Ossesio Silva e promovido pela Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa objetivando debater os desafios do envelhecimento. Durante o evento, os parlamentares e especialistas recomendaram investimentos financeiros e mais políticas públicas em prol da qualidade de vida dos idosos, e ainda, o fim da discriminação contra as pessoas mais velhas.

O deputado ressaltou a importância do evento. “A realidade exige cada vez mais ações voltadas para a promoção da valorização, do respeito e da dignidade dos idosos no Brasil. Temos um longo caminho a ser percorrido em defesa dos direitos desses cidadãos, mas também alcançamos muitas vitórias nessa caminhada e precisamos celebrar as conquistas obtidas até aqui”.

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, destacou a visibilidade que vem sendo dada à temática no âmbito do Poder Executivo e o apoio a iniciativas municipais. “Nós estamos trabalhando na direção de que, lá na ponta, os municípios também estejam devidamente organizados, devidamente preparados. Estamos buscando e lutando para que, no máximo em seis meses, todos os municípios do Brasil já tenham o seu conselho municipal do idoso”.

Ana Amélia Camarano, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), falou sobre o gasto atual com a Previdência Social e a rapidez do envelhecimento da população. “O número da população que demanda benefício vem aumentando e o tempo de duração do benefício também. Por outro lado, você tem um número cada vez menor de pessoas contribuindo com a Previdência. Isso vem gerando um desiquilíbrio”, explicou.

Participaram do seminário Lucélia Nico, representante do Ministério da Saúde; Wallace Hetmanek, representante da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG); e a promotora pública Cristiane Branquinho, representante da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público de Defesa dos Direitos dos Idosos e Pessoas com Deficiência (AMPID).

Texto e foto: Ascom – deputado federal Ossesio Silva

 

Reportar Erro
Send this to a friend