Eleições 2020: o seu voto é importante

Artigo escrito por Maria Rosas, deputada federal pelo Republicanos São Paulo

Publicado em 03/11/2020 - 13:12

‘’Para que eu vou votar? Só o meu voto não faz a mínima diferença’’. É aí que mora o engano, pois o seu voto pode sim fazer diferença e trazer uma grande transformação para o país.

Pessoas que não conseguem entender a importância do seu voto apenas precisam de mais orientação política. Quanto menos conhecimento se tem a respeito de algo, menos atraente o assunto se torna, mesmo que seja muito importante para a sociedade.

Votar é um direito e um dever, é exercer a cidadania e, a consciência do eleitor sobre o valor do seu voto é importante em uma democracia. Se os cidadãos não se importarem com quem estão colocando no poder, serão mais facilmente vítimas de abusos deste poder.

Além disso, a importância do seu voto pode estar clara quando você reconhece que quem foi eleito está te representando. Nós somos responsáveis pelo nosso futuro e não devemos entregá-lo para qualquer um.

O seu voto demonstra que você confia no candidato e aprova as suas ideias e pensamentos na política para que possa melhorar as condições atuais da sociedade.

Analise o histórico político e exerça o voto de forma consciente. Assim você possivelmente elegerá uma pessoa honesta e que honre ao cargo que receber.

As eleições municipais de 2020 terão um protocolo sanitário para evitar a disseminação de coronavírus. Entre as regras estão a obrigatoriedade do uso de máscaras pelos eleitores e mesários e os locais de votação serão adaptados para manter distanciamento mínimo de 1 metro. Também haverá álcool em gel disponível antes e depois da votação. O horário também foi ampliado em uma hora para evitar aglomerações. A recomendação é que idosos (pessoas a partir de 65 anos de idade) votem mais cedo. Não deixe de votar, exerça a cidadania e mude a história do nosso Brasil.

Artigo escrito por Maria Rosas, deputada federal pelo Republicanos São Paulo
Foto: Douglas Gomes – Liderança do Republicanos na Câmara

Reportar Erro