Deputado do Republicanos alcança 1 milhão de seguidores no Facebook

Capitão Alberto Neto, que ganhou popularidade ao divulgar o trabalho da PM do AM na internet, hoje, utiliza o mesmo canal para prestar contas de sua atividade parlamentar

Publicado em 22/10/2019 - 00:00

Brasília (DF) – O deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM) alcançou a marca de 1 milhão de seguidores no Facebook, rede social mais usada no Brasil. O parlamentar, que ganhou grande popularidade ao divulgar o trabalho da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) na internet, hoje, utiliza o mesmo canal para prestar contas de sua atividade parlamentar na Câmara dos Deputados.

“Estou feliz de alcançar esse número. Mas sei que é uma responsabilidade muito grande, de levar uma política séria para população brasileira, com honestidade e com eficiência. Assim como fizemos lá atrás para divulgar o trabalho dos nossos heróis, aproximando a população dos nossos policiais. Agora, usamos para aproximar o deputado de seu eleitor, o político do seu povo”, comemorou Alberto Neto.

Mesmo após a eleição, Alberto Neto continua abrindo espaço para divulgar o trabalho da Polícia aos seus seguidores, por meio de vídeos e fotos. Mas, a rede social também é usada para que o público fique por dentro de toda movimentação que ocorre em Brasília.

“Quero que esse mandato seja acompanhado de perto pelas pessoas que me elegeram e que meu trabalho alcance as pessoas que não votaram em mim, mas que são representadas por mim como deputado federal do Amazonas. Vou continuar utilizando as redes sociais da mesma forma porque quero que as pessoas saibam que esse mandato não é só meu, é nosso”, enfatizou o parlamentar.

Além das redes sociais, Alberto Neto lançou, recentemente, o Gabinete Virtual, uma página interativa onde as pessoas podem enviar sugestões de proposituras e dar opiniões sobre a atividade parlamentar. O site oferece ainda um espaço de cadastro para que o público possa receber notícias e informações sobre o deputado federal.

Texto e foto: Ascom – deputado federal Capitão Alberto Neto

Reportar Erro