Aroldo Martins destina R$ 300 mil para projeto social de Ponta Grossa (PR)

O deputado federal destinou emenda de R$ 300 mil para implantar o contraturno em dos projetos educacionais do município de Ponta Grossa (PR)

Publicado em 21/06/2019 - 00:00

Ponta Grossa (PR) – Na região dos Campos Gerais do Paraná, o republicano Aroldo Martins (PRB-PR), campiu agenda nesta sexta-feira (21) para atender a demanda da população pontagrossense. A visita ao município teve como objetivo ajudar no andamento do projeto de jornada ampliada para contraturno escolar.

“Assim que chegou ao nosso conhecimento a necessidade da escola, logo procuramos uma solução que atendesse à solicitação. O que estamos destinando é uma gota no oceano do que a escola precisa mas é uma forma de ajudar”, afirmou o republicano.

Por meio do programa 2037 do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e a Ação 219G do Ministério da Cidadania, Aroldo Martins designará uma emenda de R$ 300 mil para implantar um contraturno no Centro Social Marista para crianças carentes da região.

Ação 219G – Estruturação da Rede de Serviços do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)

Os recursos da ação destinam-se ao cofinanciamento federal, por meio de repasse de recursos do Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) aos municípios, estados e Distrito Federal, para construir, ampliar, concluir, reformar, adaptar, recuperar, prover, equipar e modernizar as unidades públicas da Rede de Serviços de Proteção Social (Básica e Especial) do SUAS. Os recursos destinados a unidades da Proteção Social Especial poderão ter como beneficiários os municípios, estados e o Distrito Federal, enquanto os recursos destinados a unidades da Proteção Social Básica são direcionados apenas aos municípios e ao Distrito Federal.

Programa 2037 – Consolidação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)

O Sistema Único de Assistência Social (SUAS) organiza, em todo o território nacional, um conjunto de ações voltadas à redução das desigualdades sociais e à inclusão socioeconômica de parcelas expressivas da população. Para enfrentar os desafios colocados à política de Assistência Social, o programa 2037 – Consolidação do SUAS articula três objetivos, resumidamente expressos como: manter e qualificar as ações de proteção social básica e especial; qualificar a gestão do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e fortalecer as estratégias de inclusão social de seus beneficiários; e qualificar a gestão do SUAS e os mecanismos de participação e controle social.

Daniel Monteiro – Ascom Aroldo Martins
Edição: Agência PRB Nacional

Reportar Erro