Aprovada emenda de Julio Cesar Ribeiro que mantém orçamento do Sebrae

Objetivo foi garantir a manutenção na prestação de serviços às micro e pequenas empresas do país e no atendimento aos MEIs

Publicado em 28/04/2020 - 00:00

Brasília (DF) – Foi aprovada, nesta segunda-feira (27), emenda de autoria do deputado federal Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF) que evita a retirada de R$ 600 milhões ao orçamento do Sebrae. A proposta foi apresentada junto à Medida Provisória 907/2019, com o objetivo de garantir a manutenção na prestação de serviços às micro e pequenas empresas do país e no atendimento aos microempreendedores individuais (MEIs).

O republicano defende que o Sebrae atua como agente de capacitação e promoção do desenvolvimento em todo o País. Ele lembra ainda que o apoio do Sebrae, dá aos trabalhadores informais a oportunidade de serem microempreendedores individuais, regularizando suas atividades e passando a ter direitos como aposentadoria e outros benefícios. “Casos de sucesso dos empreendedores apoiados pelo Sebrae espalham-se por todas as regiões administrativas do Distrito Federal”, declarou. 

Entenda

Em novembro de 2019, o Governo Federal editou a Medida Provisória 907/19 extinguindo a Embratur como empresa e criando em seu lugar uma agência, com a mesma sigla, e funções e recurso ampliados.

Na mesma MP, o Governo determinou que os recursos para prover a agência fossem provenientes de um corte no percentual da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico, (Cide), destinado ao Sebrae, que passaria de 85,75% para 70% (uma redução estimada em aproximadamente R$ 600 milhões). O texto segue para o Senado.

Texto: Isabella Picarelli / Ascom – deputado federal Julio Cesar Ribeiro
Foto: Douglas Gomes

Reportar Erro