Gustinho Ribeiro

Gustinho Ribeiro

| Deputado Federal (SE)

Total de 71.831 VOTOS

Biografia

Luiz Augusto Carvalho Ribeiro Filho, mais conhecido como Gustinho Ribeiro, nasceu no dia 16 de fevereiro de 1982, em Aracaju (SE). É casado, tem dois filhos e é formado em gestão pública pela Universidade Tiradentes.

De família tradicional na política sergipana, desde a adolescência milita em movimentos políticos. Em 2008, elegeu-se vereador sendo proporcionalmente o mais votado de seu estado. Em 2010 foi eleito deputado estadual, chegando a liderar a bancada do governo de Sergipe, e foi reeleito em 2014.

Em 2018, foi eleito o deputado federal com 64.132 votos, o mais votado da coligação da qual fez parte e um dos mais votados do estado. Foi o parlamentar mais jovem de Sergipe com assento na Câmara Federal, onde trabalha em defesa do municipalismo, da juventude, do esporte e do pacto federativo. Foi integrante titular da comissão de Fiscalização Financeira e Controle.

É autor de vários Projetos de Lei como: PL 1563/2019, que torna obrigatória a educação digital no currículo dos ensinos fundamental e médio; PL 2795/2019, que torna obrigatória a inclusão na grade curricular dos ensinos fundamental e médio de matérias relacionadas a educação alimentar e nutricional; PL 2796/2019, para que o estudante de nível superior tenha créditos para aquisição de livros durante o período letivo; PL 2798/2019 que coloca o turismo como direito prioritário do idoso e PL 2801/2019, que cria o programa de reciclagem de resíduos sólidos na rede pública de educação básica de todo o Brasil.

Também apresentou projetos para auxiliar no combate à violência contra mulheres, como o PL 2802/2019, que obriga os homens que estejam cumprindo medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha a usar tornozeleira eletrônica, e o PL 4320/2019, que institui o dia 7 de agosto como o Dia Nacional de Combate a Violência Contra a Mulher.

Em 2020, foi relator do PLP 9/2020, que possibilita micro e pequenas empresas negociarem dívidas com a União, aprovado por unanimidade na Câmara.

Filiou-se ao Republicanos em março de 2022. No mesmo ano, foi reeleito para o segundo mandato na Câmara com 71.831 votos.